Incontinência urinária tem cura

Urologista explica que falta de informação leva idosos ao conformismo e à convivência com o mal-estar, que pode gerar até depressão

A incontinência urinária, também chamada de urina solta, é a perda de urina secundária ao esforço físico ou a uma urgência miccional que afeta homens e mulheres. Esse problema físico também se torna psicosocial quando a pessoa passa a evitar lugares nos quais possa ficar constrangida. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a incontinência urinária atinge 10 milhões de brasileiros de todas as idades, principalmente a população idosa.

O urologista, Dr. Sandro Faria, frisa que a incontinência urinária é conhecida como doença do idoso. Ele chama a atenção para a boa notícia de que sempre há uma solução, mas nem sempre os idosos têm essa informação e se conformam. “O idoso aceita a incontinência como algo inerente à idade”, pontua.

No paciente acima de 60 anos, a falta de controle urinário pode ocorrer pela perda de massa muscular, elasticidade e ganho de peso, fatores característicos desta fase de vida. “Em outras faixas etárias, a disfunção surge como sequela a traumas ou doenças neurológicas”, explica. O médico também afirma que obesidade, sedentarismo e tabagismo são fatores de risco para o problema.

Causas e tratamentos para incontinência urinária

O especialista ressalta que os mecanismos e causas de incontinência são diferentes entre os gêneros. Nas mulheres, além da motivação pelo envelhecimento, o déficit de estrógeno pode dificultar o domínio da micção.

A gestação também pode provocar, temporariamente, a incontinência urinária. “O peso abdominal aumenta, bem como a pressão intra abdominal. Estas duas alterações no organismo acarretam a sobrecarga ao Esfincter urinário. Esse processo desaparece depois do parto”, salienta o médico.

Nos homens, a hiperplasia de próstata leva à incontinência urinária. De acordo com o urologista, o crescimento da próstata obstrui a bexiga, gerando disfunções. Com o tempo e ausência de tratamento, o paciente perde o controle sobre o seu funcionamento. “Nesta fase, a bexiga passa a ter contrações involuntárias com consequente perda urinária”, explica o Dr. Faria.

Para combater a incontinência urinária, o urologista recomenda tratamento fisioterápico, que gera a cura, mas é necessária uma manutenção dos exercícios como prevenção. Existe também o tratamento medicamentoso, geralmente de uso contínuo. Há ainda opção cirúrgica, de Sling ou Esfincter artificial. Nos dois procedimentos, de acordo com o urologista, a alta do paciente ocorre no mesmo dia.

Para evitar desenvolver a doença no futuro, o médico alerta que algumas medidas preventivas podem ser tomadas. “As mulheres devem evitar ganho de peso e o sedentarismo. Os homens, além disso, devem cuidar da próstata visitando um urologista periodicamente”.

A desagradável incontinência urinária

Foto: Shutterstock
Fonte: Dr. Sandro Faria

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

15 Comentários

  1. Avatar

    Tenho 18 anos e acredito que eu possa ter esse problema pois não posso fazer exercícios, espirrar ou tossir que não me seguro acaba saindo o líquido não sei se é normal em alguém da minha idade mas preciso de ajuda pois tenho ido ao banheiro frequentemente

  2. Avatar
    Maria izabel Fernandes Nonato em

    To com incontinência
    Uso forrinho o dia inteiro
    Tava passando no médico
    Mais por causa dessa pandemia desmarcaram os meus exames
    Queria um remédio de farmácia pra eu tomar

  3. Avatar
    Francisca Feliciano em

    Eu tenho 64anos e também tenho este pobrema quando eu estou com tosse tenho que usar obersolventes de tanto que eu tosse e xixi sai

  4. Avatar
    irlene cardoso de brito em

    Estou sentindo que a minha urina esta solta ocorre mais a noite ou quando estou tossindo muito isto me deixa preoculpada ja que minha mae tinha como ja estou com 68 anos qual providencia devo tomar e qual medico procurar.

  5. Avatar
    valdemir Fernandes de Lima Rocha em

    sou diabetico tenho 68 anos, minha incontinencia urinaria chega a ir ao banheiro aima de 04 vezes, quando estou dirigindo tenho que sair correndo e derrepente solta a urina, uando chega demanha manheco com dr. de cabeça uma sensação de resaca e undisposto. Valdemir fernandes de lima rocha 98211-8613 Zapp 061 DF email ospb,jc815@gmail.com.

Deixe um comentário