Destaques & lançamentos

Investimentos da Prati-Donaduzzi na área de inovação são reconhecidos em ranking nacional

Farmacêutica é classificada como a 9ª empresa mais inovadora da Região Sul do país, segundo o ranking "Campeãs da Inovação"

Referência na produção de medicamentos no Brasil, a Prati-Donaduzzi foi reconhecida como uma das empresas mais inovadoras da Região Sul do país. Na edição 2022 do ranking “Campeãs da Inovação”, promovido pela Revista Amanhã, a farmacêutica paranaense, com sede em Toledo, aparece na 9ª colocação entre as empresas mais inovadoras.

O resultado demonstra, portanto, os investimentos que têm sido feitos pela Prati-Donaduzzi em tecnologia e outras ações realizadas pela área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). 

“Contamos com o que há de mais moderno e tecnológico no nosso parque fabril para garantir alta qualidade e confiabilidade dos medicamentos. Essa premiação certifica o nosso compromisso em levar saúde e bem-estar às pessoas”, afirma o diretor de Marketing e Prescrição Médica da Prati-Donaduzzi, Edilson Bianqui.

“A Prati-Donaduzzi entende que a inovação no segmento em que atua é condição necessária para construir as bases de um crescimento sustentável. O ingresso da empresa no negócio de PD&I e fabricação de insumos farmacêuticos ativos (IFAs) são exemplos de nossa visão inovadora”, afirma o diretor de Farmoquímica, Nelson Ferreira Claro Junior.

“O primeiro IFA que resultou deste trabalho foi também inovador: o Canabidiol, produzido por nós através de síntese química, e não a partir do extrato natural como normalmente encontrado no mercado”, completou.

O que vem pela frente

Com investimentos na ordem de R$ 80 milhões em 2022 em PD&I, que se refletem na ampliação do portfólio de produtos, inovação e modernização dos processos produtivos, a Prati-Donaduzzi planeja, dessa maneira, diversos projetos que possam acompanhar a evolução do mercado.

“Pretendemos lançar medicamentos com inovações relevantes para os pacientes e classe médica, promovendo maior conforto terapêutico através da aplicação de sistemas de liberação de fármacos diferenciados, que só são possíveis devido a esta afinidade que temos com estas novas tecnologias”, explica a diretora de PD&I da empresa, Letícia Mello Rechia.

Neste momento, a farmacêutica possuí um número superior a 150 projetos no pipeline de pesquisa, desenvolvimento e inovação em diferentes estágios de desenvolvimento.

“Podemos destacar projetos de inovação relevantes em diferentes áreas terapêuticas, principalmente na área de sistema nervoso central. São produtos que deverão proporcionar benefícios significativos para o domínio científico e tecnológico, pois visam o atendimento de necessidades médicas não atendidas”, completa Letícia.

Portanto, para Bianqui, tecnologia e ciência caminham juntas para tornar a Prati-Donaduzzi cada vez mais uma referência no mercado farmacêutico.

“A tecnologia tem nos ajudado na otimização de processos e com isso está sendo possível ganharmos tempo nas entregas e a ciência nos assegura que estamos caminhando na direção correta. Quando conseguimos utilizar da maneira mais assertiva tecnologia e ciência, temos cada vez mais a certeza que estamos construindo processos e produtos com alto grau de inovação e estamos trilhando os caminhos da nossa maior missão aqui na Prati-Donaduzzi, que é cuidar da saúde das pessoas”.

Fonte e foto: Prati-Donaduzzi

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário