Laboratório Teuto vacina colaboradores contra à Covid-19

Em junho, a empresa recebeu 315 doses da Semusa, para dar início à campanha de vacinação interna de seus funcionários

No início de julho deste ano, Goiás recebeu cerca de 273.000 vacinas do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI), para imunização contra à Covid-19. Entre os lotes estavam Pfizer, Janssen e AstraZeneca/Fiocruz, que foram distribuídos por todo o Estado. Dessa quantidade, 173 doses da Janssen foram direcionadas ao Laboratório Teuto, pela Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis (Semusa), para a vacinação de seus colaboradores.

As doses foram aplicadas dia 7 de julho, para os colaboradores com faixa etária entre 36 a 40 anos.

Em junho, a empresa recebeu 315 doses, da Semusa, para dar início, então, à campanha de vacinação interna de seus funcionários.

“O Teuto preza pela saúde integral, bem-estar e qualidade de vida dos mais de 3,5 mil colaboradores. Até o momento, conseguimos vacinar mais de 450 colaboradores diretamente. É uma realização”, revela o médico responsável pelo laboratório, Dr. Nirley Arataque.

Dr. Nirley conta que o projeto é fruto de investimentos realizados, então, pela empresa.

“Estamos seguindo as medidas preventivas da Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e autoridades competentes desde o início da pandemia do Coronavírus. Fazemos a distribuição de álcool em gel e máscaras mensalmente, investimos em novas rotas de transporte corporativo, aplicativo interno para checagem diária, orientamos sobre a importância da higienização individual correta, entre outras”, conta o médico.

O Teuto disponibilizou também laudos médicos, mediantes a exames, para os funcionários com comorbidades e Pessoas Com Deficiência (PCD’s).

“A prefeitura de Anápolis liberou uma lista de comorbidades autoimune que dava o direito para a pessoa receber a vacina, além de PCD’s. Para isso, elas precisavam de um laudo médico. Então, facilitamos o processo para os colaboradores que apresentassem os exames exigidos pela prefeitura”, explica o profissional.

H1N1

O Teuto realizou gratuitamente a vacinação interna contra o vírus influenza.

A ação acontece anualmente e faz parte da filosofia da empresa em levar saúde, bem-estar e também qualidade de vida.

“A gripe atinge pessoas de qualquer idade e já é considerada um dos problemas mais graves de saúde pública, segundo a OMS. Apesar de parecer um assunto sem muita importância, traz um impacto bastante significativo no ambiente de trabalho”, explica o médico responsável pelo laboratório, Dr. Nirley Arataque.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma das maneiras mais eficazes de prevenir a doença e preservar o sistema respiratório é, portanto, por meio da vacinação.

Além disso, por conta da pandemia do novo Coronavírus isso se torna ainda mais importante.

O especialista ressalta ainda que estudos demonstram que a vacina contra a H1N1 também reduz o número de internação por pneumonia em torno de 40% e em até 75% a morte pela gripe.

Fonte e foto: Laboratório Teuto

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário