Laboratórios se unem contra o câncer de pulmão

Testes consecutivos diminuem consideravelmente diagnóstico

AstraZeneca, Bristol-Myers Squibb e Pfizer anunciaram uma parceria inédita em torno de um objetivo: ajudar os pacientes que enfrentam o câncer de pulmão a obter, de maneira mais ágil, a correta identificação de seu câncer – tumor e subtipo, iniciando o tratamento mais adequado rapidamente.

Os laboratórios passam a realizar, de forma consecutiva, três testes comercialmente disponíveis para identificação dos subtipos da patologia: mutação EGRF, translocação biópsia e a expressão de PD-L1. Com isso, a mesma amostra de tumor retirada para biópsia poderá ser usada sequencialmente para diminuir o tempo de análise.

Com a sucessão de testes, o tempo de espera dos resultados cai de 90 dias para 17 dias úteis. “Identificar a correta mutação de maneira rápida ajuda a direcionar o tratamento e, com isso, melhorar os resultados do tratamento”, comenta o oncologista clínico, Dr. Marcelo Cruz.

Para implantar o sistema, cada empresa desenvolveu uma plataforma específica que conta com uma infraestrutura de apoio aos programas, compreendendo sites próprios, centrais de atendimento, parceria com laboratórios, entre outros. Os programas foram denominados ID (AstraZeneca), I-O Detect (BMS) e ALK Alvo (Pfizer). Em cada um deles, os médicos cadastrados poderão fazer as solicitações dos exames de seus pacientes.

Fonte: Assessoria de Imprensa Inspire (Ideal H+K Strategies)
Foto: Shutterstock

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.