Latam Retail Show começou ontem, em São Paulo

Evento acontecerá até 30 de agosto, no Expo Center Norte, e reunirá importantes líderes do varejo brasileiro

Durante a abertura do Latam Retail Show, mais completo evento da América Latina voltado ao mercado varejista, o diretor-geral do Grupo GS&MD Gouvêa de Souza, organizador do evento, Marcos Gouvêa de Souza, anunciou o lançamento inédito no mundo do VR Commerce, uma realidade virtual integrada com comércio eletrônico. “Esta é uma plataforma inovadora de negócios, e para torná-la realidade estivemos sustentados por um ecossistema de empresas que mostraram todo seu poder transformador”, diz.

Na sequência, o presidente do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), Antonio Carlos Pipponzi, que também participou da abertura do Latam Retail Show, citou os benefícios da reforma trabalhista, que ajudou muitos trabalhadores a entrar no mercado de trabalho. “A frase que política não se discute não é verdadeira, discute-se sim; e no IDV sempre falamos sobre isso com o intuito de ajudar o Brasil em suas reformas estruturais. Somos um grupo de empresas, muitas concorrentes, que lá estão unidas em prol do varejo e da população”, afirma.

O Latam Retail Show acontecerá até 30 de agosto, no Expo Center Norte, e reunirá importantes líderes, que, juntos, discutirão como superar as barreiras do presente e do futuro do varejo e consumo. Neste ano, a temática central é “As transformações do ecossistema de negócios com resultados” e abordará todas as mudanças pelas quais a cadeia de negócios vem passando, a evolução no perfil do consumidor e a necessidade em haver um equilíbrio nas relações tanto no varejo quanto na indústria, shopping centers, e-commerce, foodservice, franquias e em diversas outras áreas.

“O novo ecossistema de negócios busca não mais apenas o lucro, mas exige que as relações em toda a cadeia aconteçam de forma equilibrada e harmônica, criando uma interdependência e cooperação entre todas as partes: indústrias, varejistas, colaboradores, fornecedores, parceiros, investidores, consumidores. Este bom funcionamento permite que cada setor foque em seu core business, concentrando todas as atenções em suas especialidades e atendendo às demandas de um consumidor que possui cada vez mais acesso à informação e exige produtos e serviços cada vez mais atrativos, em termos de preço, qualidade, funcionalidade e

Fonte: GS&MD Gouvêa de Souza
Foto:  Rodrigo Terrassan/Terrassan Fotografia

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário