fbpx

Lotes de medicamentos da empresa Prati Donaduzzi são interditados

Estoque existente no mercado deve ser recolhido

Na última quinta-feira (14/01), foram suspensos diversos lotes de medicamentos empresa Prati Donaduzzi & Cia Ltda, fabricados em desacordo com o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
A decisão ocorreu porque a empresa alterou o processo de produção dos itens listados abaixo, sem a avaliação prévia da Agência, e por isso, a distribuição, a venda e o uso dos produtos, deve ser interrompida. O estoque existente no mercado também deve ser recolhido.
Confira os lotes dos medicamentos interditados:
DICLOFENACO SÓDICO 50mg comprimido – Lotes produzidos até 19/10/2015; ESTOLATO DE ERITROMICINA 50mg/mL – suspensão oral todos os lotes válidos produzidos em desacordo com o registro;
NIMESULIDA 50mg/mL – suspensão oral Todos os lotes válidos produzidos em desacordo com o registro.
A medida está na Resolução 88/2016 publicada no Diário Oficial da União (DOU).
Fonte: Anvisa
Foto: Shutterstock

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.

Deixe um comentário