Maior rede de farmácias dos EUA registra patente para atuar no metaverso

A CVS registrou um pedido de patente no qual afirma sua intenção de comercializar remédios e produtos de cuidado pessoal dentro do metaverso

A CVS registrou uma patente para realizar a venda de bens de consumo, tais como produtos de higiene pessoal e remédios controlados por receita, e oferecer, também, serviços de nutrição e bem-estar dentro do metaverso.

O pedido foi protocolado no Escritório de Patentes dos Estados Unidos no dia 28 de fevereiro, no entando, veio à tona somente agora.

“O download de bens virtuais, tais como uma variedade de produtos, remédios controlados por receita, saúde, bem-estar, beleza e produtos de cuidados pessoas, e produtos no geral para uso online e dentro de mundos virtuais”, especifica.

CVS no metaverso

Tornando pública sua intenção de utilizar a tecnologia blockchain a seu favor em sua entrada, então, no metaverso, a empresa também solicitou a patente para criação e comercialização de NFTs.

Sem, portanto, especificar se eles representariam os produtos ou qualquer outra ação comercial da companhia.

Por fim, então, a rede com mais de 9 mil lojas espalhadas pelos EUA, pede:

“o provimento de informações, notícias e comentários no campo da nutrição, saúde e bem-estar dentro de ambientes de realidade virtual e aumentada; serviços de saúde em realidade virtual, especificamente tratamentos não emergenciais”.

Todavia, a CVS não deixou claro se irá oferecer seus serviços dentro de metaversos.

Como, por exemplo, o The Sandbox e o Decentraland, ou se irá criar o seu próprio.

A presença de marcas estabelecidas dentro do metaverso é cada vez maior.

A saber, recentemente, o McDonald’s também registrou seu pedido de patente para entrar no mundo virtual.

Incluindo planos para “um restaurante virtual com produtos reais e virtuais” e para “operar um restaurante virtual com entrega em domicílio”.

Fonte: Exame

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário