Maioria dos consumidores brasileiros adota e-commerce e prioriza a sustentabilidade

Estudo da IBM aponta que os consumidores estão usando mais o e-commerce durante a pandemia da Covid-19, adotando a sustentabilidade e ajustando as compras e planos de férias

A maioria dos consumidores irão mudar adorar o e-commerce durante suas compras de final de ano devido a pandemia da Covid-19, onde as compras sustentáveis serão prioridade de muitas pessoas, de acordo com as últimas descobertas de um estudo global do IBM Institute for Business Value.

consumidores e commerce covid A temporada de compras de fim de ano será diferente em muitos aspectos devido à pandemia Covid-19, e compras sustentáveis serão prioridade de muitos consumidores, de acordo com as últimas descobertas de um estudo global do IBM Institute for Business Value.

54% dos consumidores globais pesquisados relataram que estão dispostos a mudar seus hábitos de compra nas férias e festas de fim de ano para ajudar a reduzir o impacto ambiental.

Essa perspectiva foi ainda mais notada em alguns países ao redor do mundo, como Índia (74%), México (74%) e aqui no Brasil (66%).

Apesar da redução dos orçamentos e empregos de muitos consumidores causada pelo Covid-19, os compradores estão procurando mais do que apenas um bom negócio.

Cerca de 66% dos consumidores pesquisados no Brasil relataram que irão considerar a sustentabilidade em grande medida ao comprar ou escolher uma marca este ano.

O estudo “Home for the Holidays” foi feito em outubro e inclui insights de mais de 12.500 consumidores do Brasil, Canadá, Alemanha, Índia, México, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Ele revelou como a perspectiva do consumidor e os planos de compras, viagens e férias estão mudando globalmente em meio a pandemia.

As compras online devem continuar

Cerca de 64% dos consumidores brasileiros pesquisados indicaram que planejam comprar online, enviar para casa ou outros destinos, ou comprar online e retirar na loja, 3 vezes mais em relação ao ano passado.

De acordo com o relatório, enquanto 80% dos consumidores brasileiros pesquisados compraram na loja física no ano passado nessa época do ano, apenas 36% planejam fazê-lo neste ano.

Ao escolher os presentes, os consumidores pesquisados relataram que preferem produtos a experiências.

Muitos entrevistados da pesquisa no Brasil disseram, porém, que vão gastar mais em móveis (+ 35% que no ano passado), entretenimento digital / streaming (+ 31% que no ano passado) e produtos eletrônicos (+ 16% que no ano passado).

Preocupações do consumidor 

As preocupações com a pandemia  continuam altas, de acordo com o estudo.

No Brasil, por exemplo, 86% dos consumidores pesquisados estão preocupados com uma segunda onda de Covid-19 em 2020 e 90% dizem que a pandemia os deixou mais preocupados com a saúde e segurança de suas famílias.

Com essas preocupações em mente, muitos consumidores relatam mudanças em seus planos típicos de viagens e férias nesta temporada.

• Mais da metade dos consumidores brasileiros pesquisados que costuma viajar durante as férias afirma que planeja viajar menos nesta temporada, e 29% dos entrevistados ainda estão indecisos sobre seus planos.

• Os consumidores brasileiros esperam aumentar o uso de carros pessoais em 20% e os carros de aluguel em 50% como seu principal meio de transporte em comparação com o ano passado, e esperam viajar 39% menos de avião do que no ano passado.

O IBV tem conduzido pesquisas desde abril, pesquisando mais de 80.000 consumidores globais, sobre como o Covid-19 impactou suas perspectivas e preferências.

63% dos brasileiros têm medo de se infectar com novo coronavírus 

Onde é mais provável contrair o coronavírus? 

Fonte: IBM

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário