As vitaminas, emagrecedores e suplementos

Fique por dentro dos principais produtos que são opções práticas para uma vida mais saudável

• Vitamina A: auxilia na prevenção da anemia e cegueira noturna, além de fortalecer os dentes e o sistema imunológico. 

• Vitamina C: potente antioxidante. Suas propriedades melhoram a circulação do fluxo de oxigênio, fazendo dela uma ótima vitamina para cabelos e unhas.

• Vitamina D: regula a absorção intestinal de cálcio e fósforo e estimula a mineralização óssea. Os ossos podem ficar frágeis em decorrência da deficiência. 

• Vitamina B9: também conhecida como ácido fólico, participa na formação dos glóbulos vermelhos do sangue, no crescimento dos tecidos e na produção de energia.

• Vitamina B12: previne a anemia, beneficia as células do trato gastrointestinal, ajudando na digestão e absorção dos alimentos.

• Cálcio: importante para a saúde dos ossos e dos dentes e para o bom funcionamento dos músculos e dos nervos. Em caso de déficit, pode prejudicar o crescimento na criança. 

• Ferro: a carência do mineral pode alterar o crescimento e o desenvolvimento infantil, inclusive a capacidade de aprendizagem. 

• Zinco: imprescindível para o sistema imunológico, saúde da pele, das unhas, do cabelo e para a cicatrização de feridas. Sua falta provoca atraso no crescimento na maturação sexual. 

• Biotina (vitamina H ou B7): essencial para saúde da pele, do cabelo e das unhas, pois atua no metabolismo de carboidratos, proteínas (principalmente a queratina) e gorduras.

• Luteína: carotenoide que protege os olhos contra os danos da luz. Ajuda a diminuir os efeitos acumulados da exposição à luz e das toxinas ambientais.

Emagrecedores

• Fibras alimentares: aumentam a saciedade e colaboração para a redução da ingestão de alimentos. Atualmente, diversos tipos de fibras são comercializados em pó e cápsulas. 

• Substitutos de refeições (shakes): formulados e elaborados de forma a apresentar composição adequada a suprir, parcialmente, as necessidades nutricionais do indivíduo. 

• Hipercalóricos: são usados em função da demanda aumentada de energia e de aporte de nutrientes que se pretende adicionar à dieta. São indicados, usualmente, para exercícios intensos e de longa duração.

• CL-LA: um óleo rico em ômega 3 e ômega 9, substâncias que desempenham um papel importante para o metabolismo e que são encontradas nos alimentos do dia a dia. 

Ganho de massa muscular

• Proteínas: voltadas para aumentar o aporte protéico e de massa muscular no organismo. Hoje, a mais usada é o wheyprotein, proteína do soro do leite de alto valor biológico.

• Aminoácidos: são precursores da proteína. Os mais consumidos são BCAA, glutamina e creatina. O BCAA é um composto formado por três aminoácidos – leucina, isoleucina e valida – que são captados e depositados no músculo e no tecido adiposo. As concentrações de glutamina após a atividade física intensa são reduzidas, por isso a sua suplementação colabora para a melhora do sistema imune. Já a creatina é mais usada em exercícios de repetição com a mesma carga. 

• Termogênicos: são indicados para aumento do gasto energético e da oxidação de gordura e entre os mais comuns, estão cafeína e chá verde. 

Fique por dentro das opções mais práticas dos suplementos vitamínicos.

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print
Brasileiro deixa a desejar

Edição 297 - 2017-08-01 Brasileiro deixa a desejar

Essa matéria faz parte da Edição 297 da Revista Guia da Farmácia.

Deixe um comentário