fbpx

Como você atrai seus clientes?

Com tantos concorrentes no mercado, seu estabelecimento tem de contar com outros diferenciais para fidelizar os consumidores

Estabelecimento limpo, com produtos expostos de forma correta, bom atendimento. Hoje, isso não basta mais. É uma obrigação das empresas e não diferencial para trazer mais clientes. Digo isso porque, na última década, passamos por inúmeras transformações num piscar de olhos, principalmente, por causa de avanços tecnológicos que mudaram comportamentos e, por consequência, muitos negócios.

Fico me perguntando como eu conseguia dirigir na cidade de São Paulo sem o Waze, o maior aplicativo de trânsito do mundo, para chegar aonde quero.

Há algumas semanas, foi anunciado, no Japão, que um robô, com uma plataforma de computação cognitiva, substituiu 34 funcionários de uma empresa de seguros local. E tudo isso acontecendo debaixo de nosso nariz. O que eu acho pior: muitos empresários ainda pensando que isso é coisa para 2050.

Com a chegada dos smartphones, que chamo de extensão das mãos, veio também a era da informação. Tudo na palma da mão em segundos. E você dono de farmácia ou distribuidor de medicamentos? Uma simples questão. O que você faz com os e-mails de seus clientes?

Tenho feito a mesma pergunta para pequenas e grandes empresas e a resposta se repete: nada. Talvez por falta de conhecimento, tempo, falta de dinheiro, mas hoje há softwares capazes de capturar o perfil e comportamento de seu cliente. E você pode, por exemplo, lembrar as mulheres de comprar o anticoncepcional antes que a outra caixa termine. Ou você, distribuidor, pode mensurar quem compra mais, estabelecer pontuações para dar descontos. E tudo isso de forma automatizada e personalizada.

Além disso, que tal mandar informações relevantes para o seu consumidor e fazer com que sua marca esteja sempre presente? Ou mesmo promover eventos em que todos aprendam algo? Talvez você possa também avisar a consumidora sobre o preço de protetores solares e enviar informações de como ter a pele bronzeada saudavelmente.

Enfim, as possibilidades são inúmeras e não estou falando de uma Big Data com alto investimento, análises profundas. Um cadastro limpo, comunicação estratégica e criativa, com conteúdos interessantes, podem encantar, educar e fidelizar o seu consumidor. Abra os horizontes no modo de pensar! As ferramentas estão disponíveis, mas temos de sair da zona de conforto e partir para ação! 

Eficácia comprovada

Edição 292 - 2017-03-01 Eficácia comprovada

Essa matéria faz parte da Edição 292 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o colunista

Sandra Takata

Sócia diretora da Core Group, jornalista formada pela Universidade Metodista e especialista em Search Engine Optimization (SEO) e Inbound Marketing. Atuou na coordenação da equipe de assessoria de imprensa no atendimento de empresas, como Nielsen, NeoGrid, Abradilan, Ativa Logística e Beauty Fair, entre outras.

Deixe um comentário