Convenção de vendas é importante para a sua farmácia?

Trata-se de um momento de oxigenar a equipe, mensurar o conhecimento atual do time e trazer novos conteúdos com aplicabilidade para a farmácia

A realização de uma convenção de vendas é uma ação criteriosamente pensada, principalmente nas indústrias farmacêuticas, para o alinhamento das estratégias e ações a serem realizadas durante todo o ano corrente. O varejo farmacêutico tem percebido a importância de reunir todo o seu time de vendas e tem implementado cada vez mais essas ações para alinhar as estratégias, desenvolver competências e melhorar a performance dos seus times.

Todos nós sabemos que no varejo farmacêutico tudo acontece na mesma hora, no mesmo tempo, e nem sempre os gestores e times de vendas têm tempo suficiente para organizar seus pensamentos, planejar as ações e executá-las com precisão, e isso os coloca no “piloto automático”.

No meu ponto de vista, equipes que estão no “piloto automático” não param para repensar as estratégias, analisar suas ações e ver se estão sendo produtivas ou não, e isso traz diversos impactos negativos para a companhia e, por estarem no automático, elas não percebem isso.

Se você farmacista não tem essa ação como estratégica para a sua farmácia, pode ser que essa seja uma das causas para a perda de espaço no mercado para os seus concorrentes. Para o farmacista que já tem no seu DNA, na sua cultura, o treinamento e desenvolvimento de pessoas, e ainda não faz convenção de vendas, pense nessa possibilidade, converse com o seu departamento de Recursos Humanos (RH) ou Desenvolvimento Organizacional (DO). E para aquele farmacista que já realiza esses encontros, faça uma reflexão sobre o que pode ser ainda melhor, para que todos saiam colocando tudo em prática após a convenção.

Eu acredito que a convenção é um momento de oxigenar a equipe, mensurar o conhecimento atual do time, trazer novos conteúdos com aplicabilidade para a farmácia, alinhar novos processos e novas estratégias para a sustentabilidade do negócio.

Não enxergue a convenção como mais um custo para a sua empresa. Interprete essa ação como um investimento, pois nesse momento você estará com o que há de mais importante para o seu negócio: as pessoas. Sem elas, a sua empresa não consegue promover todas as experiências exigidas pelos seus clientes e pelo próprio mercado.

De nada adianta você cobrar mais vendas, melhorar o atendimento, melhorar o tíquete médio e aumentar o faturamento se você não percebe e não dá oportunidades de desenvolvimento para os seus colaboradores.

Lembre-se: são pessoas que movem o seu negócio!

Tenha uma boa convenção de vendas!

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print
Você conhece o seu cliente?

Edição 316 - 2019-03-15 Você conhece o seu cliente?

Essa matéria faz parte da Edição 316 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o colunista

Diretor do Instituto Pedro Dias.