fbpx

Soluções para farmácias

Destaques da AUTOCOM 2019 abrangem inovação tecnológica para o varejo farmacêutico

A 21ª edição da Feira Internacional de Automação para o Comércio (AUTOCOM) foi palco de lançamentos para a otimização dos processos do varejo nos seus diferentes segmentos. O evento, que completa a maioridade em 2019, apresentou soluções inovadoras em tecnologia para melhor performance do varejo, desde a configuração do ambiente até para propiciar facilidades no atendimento do cliente e estimular a fidelização.

Segundo estudo realizado pela Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC), 42% das empresas entrevistadas têm algum tipo de projeto de IoT para 2019 e 58% querem automatizar os processos da área de Tecnologia da Informação (TI).

Veja Mais

Entre as verticais ouvidas para análise, o comércio está entre as cinco maiores com representatividade de 11%. A previsão de crescimento do mercado de automação para o comércio é de mais de 7% em 2019. Ou seja, os empresários estão atentos a essa expansão e pretendem aplicar capital para melhorias no ponto de venda (PDV).

Entre os destaques da Feira, listamos as novidades tecnológicas que incluem Inteligência Artificial (IA), AIDC/RFID, Internet das Coisas, plataformas omnichannel, entre outras ciências apresentadas. Aqui estão alguns exemplos.

Ambientação disruptiva

A tendência é de modificar o visual da loja de maneira até então pouco ou quase nada utilizado para atrair o cliente. Neste sentido, a Feira apresentou algumas opções que mudam a ambientação do PDV a partir de soluções, como as da Epson que trouxe projetores que têm diferentes finalidades e entre elas estão: colocar uma promoção projetada na vitrine sem que precise aplicar alguma adesivação, ou fazer um ambiente com características de verão com produtos direcionados para praia, como protetores solares, entre outras aplicações. Tudo isso pode ser feito apenas com uma programação básica das imagens e o posicionamento da luz para que seja visto no local desejado.

Esse tipo de aplicação proporciona ao consumidor uma experiência diferenciada do que é comum de ser visto no varejo tradicional, pois o varejista pode trocar o tema de acordo com o público na faixa de horário do dia, destacar um produto, criar uma oferta relâmpago e a projeção da imagem trazer esse destaque para a ação e impactar o campo de visão desse cliente, mesmo que não esteja próximo.

Gestão omnichannel

Fazer um pedido na loja virtual para retirar na loja nem sempre é possível e quando esta opção está disponível, podem ocorrer inconsistências no sistema que façam o produto não figurar no estoque. Fazer essa gestão do físico e do on-line é o grande desafio do momento, mas existem softwares, plug-ins e Aplicativos (apps) que auxiliam nesse controle para descomplicar a vida do varejista, beneficiar o consumidor e driblar frustrações e insatisfações na experiência de compra.

É o caso das soluções de empresas como a Moderniza e a Nexaas, que trouxe o Estoka para o evento. A essência é proporcionar uma integração de estoque com os diferentes PDVs para que o cliente tenha a possibilidade de comprar em um meio, receber por outro e ainda permitir que ações, como trocas, ocorram de acordo com a sua preferência, sem ter como determinante o ponto de contato utilizado para a compra. O próprio COO da Nexaas, Raphael Vilela, diz que antes do Estoka, esse controle precisaria ser feito de forma separada e manual.

Personalização

Entregar algo único agrega valor e potencializa a experiência do consumidor. Para auxiliar aqueles que têm dificuldades com os horários dos remédios ou de identificação, o balconista pode personalizar a embalagem com etiquetas diferenciadas por cores, com espaço para inserir informações complementares, entre outras aplicações para facilitar o processo. As impressoras da Epson proporcionam rapidez e personalização de letras, cores e temas de fundo diversos para um reconhecimento mais fácil dos itens, já que a tendência pode surpreender o cliente por proporcionar algo diferenciado.

Pagamento por QR Code

A carteira, às vezes, é esquecida, mas o celular está sempre nas mãos das pessoas. Com esse comportamento que se tornou comum, as empresas de soluções de pagamento criaram um formato que vai além das carteiras virtuais (que exigem conexão com uma marca de smartphone ou banco) para fazer a transação on-line acontecer: por meio de QR Code.

Com algumas variações de formato em como o código é gerado e/ou captado, a Cielo, Ingenico, Mercado Pago, Rede e Stone investiram na iniciativa. Essa última apresentou o QR CodeTM Pay, com opções que proporcionam esse meio de pagamento e facilitam a vida do consumidor, em que qualquer smartphone com câmera possa pagar por esse modo, e também do varejista para ter mais opções de recebimento, não perder a venda e cair no esquecimento do cliente.

Caixa móvel

Para substituir todos os equipamentos de fechamento de compra (computador, impressora fiscal, terminal POS), diferentes empresas trouxeram soluções que compactam essa estrutura para que o pagamento seja realizado em qualquer ambiente da farmácia, sem a necessidade de filas, e até melhorar o ambiente de lojas, permitindo mais espaço para exposição de produtos. Esse é o exemplo da solução desenvolvida pela Transire Eletrônicos e PAX do Brasil, da Pay&Go, Rede, Cielo, PDVend, entre outras opções presentes na Feira.

Segurança e infraestrutura do negócio

Algumas empresas da Feira são focadas na apresentação de soluções e produtos que proporcionam mais segurança para a infraestrutura do PDV. Alguns exemplos são as linhas de nobreaks e estabilizadores de tensão da TS Shara, que possibilitam a continuação do trabalho mesmo que a luz acabe, além de modificar a voltagem da tomada, o que proporciona mais proteção para os aparelhos do estabelecimento. Também existem opções de armazenamento em nuvem e até controle de acesso, como é o caso das ferramentas da Control ID e software da MRM Sistemas.

Compliance fiscal

Tudo o que envolve venda precisa estar de acordo com as regras fiscais. Para isso, uma solução é a aplicação de IA no sistema de faturamento que proporciona mais tranquilidade ao empresário, pois todas as notas estarão em compliance com as exigências do Fisco, eliminando a possibilidade de multas por divergências.

O diretor de marketing da Migrate, Fábio Alvim, diz que, além disso, também garante que o consumidor sempre tenha acesso ao seu benefício de restituição, como é o caso da Nota Fiscal Paulista, pois caso algum item esteja com informações fiscais erradas, o crédito não entra para o cliente até que a falha seja corrigida e isto é feito em segundos no caso da aplicação dessa solução.

Foto: shutterstock

Conhecimento é Tudo!

Edição 319 - 2019-06-06 Conhecimento é Tudo!

Essa matéria faz parte da Edição 319 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o autor

Zenon Leite Neto

Presidente da Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC).