Um novo padrão de beleza masculina

Barbas delineadas, cabelos impecáveis e cosméticos específicos para o seu tipo de pele são alguns dos novos desejos dos homens com o visual e que se refletem no mercado. Esteja atento a essa tendência

As mulheres ainda reinam entre as maiores interessadas no universo da beleza, mas os homens ganham uma evidência cada vez mais expressiva no setor. A preocupação massiva com o desenho da barba, o corte dos cabelos e a aparência física criou um novo nicho bastante lucrativo para aqueles que sabem agradá-los.

Segundo constata a gerente de Dove Men Care, Andreza Graner, o setor de cuidados pessoais masculinos vem sendo um dos principais contribuintes para o crescimento da categoria de beleza como um todo.

“Em 2004, apenas 14% dos produtos de cuidados pessoais eram do universo masculino. Mas, em 2017, a representatividade alcançou quase 20%, segundo pesquisa do Euromonitor Internacional. Dependendo da subcategoria, o percentual é ainda maior, como é o caso dos desodorantes masculinos, que representam 41% de todas as vendas, mais que o dobro do total de cuidados pessoais”, pontua a especialista, reforçando que, mesmo com o cenário de crise do ano passado, o mercado masculino cresceu praticamente o dobro do mercado de beleza total, com 6,1% de alta.

Dados como esse refletem o novo comportamento do homem com o visual. Uma prova dessa força está no boom de barbearias que surgem por todo o País, focadas em serviços específicos para esse público.

“Desde 2014, o segmento de beleza masculina vem crescendo muito no País e sendo a ‘cereja do bolo’ em feiras e eventos da área de cosméticos. Isso é reflexo de um comportamento dos homens, que estão cada vez mais vaidosos, se cuidando mais, e querendo desfrutar de serviços e formas de bem-estar que antes eram exclusivos das mulheres”, pontua o hair stylist do espaço Luiz Alves Hair, de São Paulo, Luiz Alves.

A especialista de Dove Men reforça, inclusive, que são contabilizadas mais de dois milhões de buscas na web sobre o cuidado pessoal masculino por mês, e a procura vem crescendo quase 150% ano após ano. “O homem brasileiro está mais interessado pelo tema e procurando mais soluções às suas necessidades”, reforça.

Ritual para cuidar da barba

  • Oito a cada dez homens brasileiros fazem a barba. Entre eles, a frequência de remoção dos pelos do rosto é de 3,2 vezes na semana;
  • Dois terços dos homens acreditam ter pele sensível, o que exige cuidados e produtos especiais. O barbear sem a ferramenta adequada para a pele sensível costuma piorar ainda mais o quadro, intensificando a vermelhidão, a coceira e a irritação. O primeiro passo para evitar esse cenário é escolher a lâmina adequada para o tipo de pele, que faça um corte limpo e dispense o repasse contínuo;
  • 60% dos compradores podem se esquecer de comprar produtos para barbear se não forem lembrados nas lojas. Devido a isso, a sinalização frequente desses itens nos pontos de venda (PDVs) é essencial.

Mas será que esse movimento é apenas um modismo? Projeções do mercado apontam que não. Estatísticas indicam que, de fato, o setor da beleza está diante de uma tendência e de um comportamento que veio para ficar.

Dados do Euromonitor Internacional mostram que, em 2019, o Brasil deve se tornar o maior mercado do mundo nessa categoria. “Para 2018, o Brasil, de maneira geral, tem uma previsão otimista de crescimento e, com isto, o setor de beleza masculino vem junto. Se o País pretende crescer perto de 3%, o mercado de beleza deve vir entre 5% e 6%, ou até um pouco acima disso”, analisa o diretor superintendente da Beauty Fair, César Tsukuda.

Andreza, da Dove, espera um movimento ainda maior de desenvolvimento. “O aumento do número de consumidores mais preocupados com a beleza faz com que a evolução do mercado continue como uma forte tendência e deva crescer ainda mais nos próximos anos. Segundo estimativas do Euromonitor Internacional, o mercado masculino deve crescer uma média de 10% nos próximos cinco anos. Cada vez mais devemos ver produtos desenvolvidos para esse público no ponto de venda (PDV)”, aconselha.

O que eles querem na loja física?

De modo geral, os homens se dividem entre dois perfis de shoppers no PDV, e o mais marcante é o daqueles que compram sem pensar, no “modo automático”.

“Os que compram automaticamente (maior parte dos consumidores) passam pouquíssimo tempo na frente da gôndola e, normalmente, compram sempre os produtos em que confiam. Por isso estão menos dispostos a experimentar, a não ser que não encontrem o produto que estão acostumados a usar”, descreve Andreza, alertando que, para este tipo de público, quanto mais fácil de achar sua compra, melhor. Para isso, os artigos precisam sempre estar disponíveis e ter embalagens fáceis de encontrar.

Consultoria de vendas: como cuidar corretamente do aparelho de barbear?

O que não fazer

1) Não bater o cartucho do aparelho na pia. Essa atitude pode danificar seriamente as peças que foram fabricadas para um barbear preciso.

2) Não secar o aparelho em uma toalha. Alguns homens pensam que essa ação prolonga a vida útil do produto, mas, na verdade, pode danificar as lâminas, contribuindo para um barbear menos eficaz.

Como cuidar corretamente do seu aparelho

Existem três etapas para higienizar e armazenar as lâminas sem erros:

1) Lavá-las embaixo de água corrente após algumas passadas. A melhor forma de eliminar os pelos acumulados é deixar que a água escorra da parte de trás para a frente do aparelho.

2) Tirar o excesso de umidade, sem bater o aparelho na pia. Apenas agitar no ar para diminuir a concentração de água entre as lâminas.

3) Deixar o aparelho secar naturalmente. Caso o aparelho acompanhe um suporte, este é o local mais adequado para armazená-lo.

Fonte: Gillette

Porém, com o crescimento do mercado de beleza masculino, vemos outro perfil crescendo, que é o de homens envolvidos com a categoria. “Esse perfil passa mais tempo na gôndola, procurando seus produtos e lendo os rótulos”, descreve a executiva. Nesse caso, é importante que o PDV esteja apto a levar os benefícios e funções dos produtos, ajudando-o a fazer a melhor escolha.

Para completar a boa experiência, é fundamental que o homem encontre o sortimento completo que, hoje, pode ir além dos produtos para a barba e higiene pessoal.

“Existem itens que são essenciais e que, geralmente, toda cesta possui, como desodorante, sabonete, produtos para o cabelo e para a barba, perfume e produtos de higiene bucal. Porém, quanto maior o envolvimento com a categoria, mais produtos podem entrar nessa cesta. São exemplos os artigos para a pele e depilação, artigos complementares para cabelo e barba (pomada, balm etc.), podendo até oferecer maquiagem voltada para o público masculino”, exemplifica Andreza.

Potencialize as vendas da perfumaria masculina em três passos

  1. Não subestime a relação do homem com o mercado de cuidado pessoal, pois existe um espaço para o consumo de subcategorias além das básicas.
  2. Entenda a missão de compra dos consumidores do canal ajudará a organizar a gôndola, gerando uma melhor experiência e criando mais oportunidades de compra.
  3. Esteja atento às tendências e inovações para o público masculino, para liderar esse movimento.

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print
Novos preços

Edição 317 - 2019-04-04 Novos preços

Essa matéria faz parte da Edição 317 da Revista Guia da Farmácia.