fbpx

Você sabia que pode pagar menos impostos na sua farmácia?

É isso mesmo! Muita gente não sabe e paga mais tributo do que é necessário e o caminho para isto mudar é simples

Muitos empresários que estão no Regime do Simples Nacional pensam que pagam um único imposto, pois pagam somente um boleto para o estado.

A verdade é que o governo deixa o pagamento mais simples, recolhendo somente uma taxa, porém esta taxa que você paga é composta por seis impostos: Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), Programa de Integração Social (PIS), Contribuição Patronal Previdenciária (CPP) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Funciona assim:

O contador, baseado no seu faturamento dos últimos 12 meses e no faturamento do mês atual, calcula qual a taxa a ser paga.

Ele multiplica esta taxa pelo seu faturamento e gera uma guia de pagamento que você paga ao governo.

O governo recebe o dinheiro e divide o mesmo em várias partes na seguinte proporção:

Agora, sabendo que o Simples não é um imposto único, você deve entender outros pontos para pagar menos tributos.

O primeiro deles é que quase 100% dos medicamentos são lista positiva ou lista negativa, isto quer dizer que são produtos que você não precisa pagar o PIS/COFINS. Por isso, do valor total da taxa do Simples você pode deixar de pagar 15,50%, pois é a parte equivalente a esses dois impostos:

Ainda existe outro ponto. Em estados onde há a Substituição Tributária (ST), o impacto pode ser ainda maior.

Quando você compra um produto com a ST no preço, você também pode deixar de pagar o ICMS que representa 33,50%.

Imagine que o seu contador calcule uma taxa do Simples de 10%, isto quer dizer que o seu imposto efetivo pode cair para 5,1% se você tiver produtos monofásicos e com ST. Ou seja, a sua taxa do Simples pode ser reduzida para quase metade do original.

É importante também manter o seu cadastro atualizado para que o contador calcule o imposto corretamente.

Caso você tenha pago todo este tempo o imposto errado, procure uma empresa profissional que ela pode te ajudar a avaliar a possibilidade de recuperação.

Estou deixando disponível também o simulador deste cálculo para te ajudar.
Clique aqui e confira!

Trabalhe sempre de forma inteligente e estratégica. 

Era da tecnologia e colaboração

Edição 324 - 2019-11-11 Era da tecnologia e colaboração

Essa matéria faz parte da Edição 324 da Revista Guia da Farmácia.

Sobre o colunista

Jiovanni Coelho