fbpx

Medicamentos fazem inflação de abril atingir maior patamar em 3 anos

IPCA alcançou 0,57%, maior variação para um mês de abril desde 2016

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de abril, que mede a inflação, alcançou 0,57%, segundo dados divulgados na última sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação acumulada no ano foi de 2,09%. Essas duas variações são as maiores para um mês de abril desde 2016 (0,61% e 3,25%, respectivamente). O acumulado dos últimos doze meses foi para 4,94%, contra os 4,58% nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2018, a taxa foi de 0,22%.

O resultado da inflação de abril sofreu forte influência do grupo Saúde e Cuidados Pessoais,  que se destacou com a maior variação (1,51%) e o maior impacto (0,18 p.p.) entre os grupos de produtos e serviços pesquisados. As principais altas foram nos grupamentos de medicamentos (2,25%), refletindo o reajuste anual, em vigor desde 31 de março, com teto de 4,33%; higiene pessoal (2,76%), com destaque para os perfumes (de 1,45% em março para 6,56% em abril) e planos de saúde (0,80%).

GrupoMarço (variação %)Abril (variação %)Março (impacto p.p.)Abril (impacto p.p.)’
Índice geral0.750,570,750,57
Alimentação e Bebidas1,370.630,340,16
Habitação0,250,240,040,04
Artigos de Residência0,27-0,240,01-0,01
Vestuário0,450,180,020,01
Transportes1,440.940,260,17
Saúde e Cuidados Pessoais0,421,510,050,18
Despesas Pessoais0,160,170,020,02
Educação0,320,090,020,00
Comunicação-0,220,03-0,010,00

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e de Brasília. Para o cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 30 de março a 30 de abril de 2019 (referência) com os preços vigentes no período de 27 de fevereiro a 29 de março de 2019 (base).

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Descarte de medicamentos pode ter logística reversa obrigatória

Deixe um comentário