MS abre campanha de vacinação contra a Covid-19 com envio de doses aos estados

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e governadores acompanharam nesta manhã, a saída das primeiras vacinas em aviões da FAB

Ministério da Saúde (MS) deu início, nesta segunda-feira (18/01), à campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil com a distribuição das doses de forma proporcional e simultânea a todos os estados brasileiros.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, marcou o começo da imunização dos brasileiros para às 17h desta segunda-feira.

A oficialização ocorreu em um ato simbólico realizado com a presença de governadores no Centro de Distribuição Logística localizado em Guarulhos (SP) – local onde os seis milhões de doses entregues ao Governo Federal pelo Instituto Butantan estão armazenados.

“Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo. O Brasil é referência em vacinas no mundo e vai continuar sendo. Hoje distribuiremos as vacinas para todos os estados. E hoje, a partir das 17h, os estados já podem distribuir aos municípios e dar início à vacinação”, afirmou Pazuello.

A vacinação terá início pelos grupos prioritários da chamada fase 1: trabalhadores de saúde, pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas e população indígena aldeada.

Pazuello também reforçou o pedido para que a população continue tomando medidas preventivas para evitar a disseminação do coronavírus, mesmo com o início da imunização.

“A vacina não determina o fim das medidas preventivas. Temos que continuar usando máscara, tomando as medidas de prevenção e distanciamento social. Continuaremos vivendo dessa forma até termos a pandemia controlada.”

Logística 

Os primeiros aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) começaram a sair do Aeroporto de Guarulhos nesta manhã transportando cerca de 44 toneladas de vacinas, inicialmente para o Distrito Federal e para as capitais de 10 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

Assim, o envio das primeiras vacinas nos aviões da FAB foi acompanhando de perto pelo ministro da Saúde e governadores presentes.

As doses foram então armazenadas em caixas de isopor, para manter a temperatura recomendada.

Além do suporte do Ministério da Defesa, a Saúde também conta com o apoio da Azul e da Associação Brasileira de Empresas Aéreas por meio das companhias aéreas Gol, Latam e Voepass, para o transporte aéreo das doses.

Para o transporte terrestre, 100 veículos estão, então, aptos para fazer o deslocamento das doses pelo país, com sistema de rastreamento e bloqueio via satélite.

A saber, até o final de janeiro, mais 50 caminhões serão incorporados a frota.

Assim que as vacinas chegarem às capitais.

E, dessa maneira, os estados devem fazer a distribuição junto aos municípios que, por sua vez, executam a vacinação junto à população.

Números

Número de pessoas a serem vacinadas em cada região neste primeiro momento

  • Norte: 337.332
  • Nordeste: 683.924
  • Sudeste: 1.202.090
  • Sul: 357.821
  • Centro-Oeste: 273.393

Quantidade de doses que estão sendo enviadas para cada região

  • Norte: 708.440
  • Nordeste: 1.436.160
  • Sudeste: 2.524.360
  • Sul: 751.440
  • Centro-Oeste: 574.160

Enfermeira é a primeira vacinada contra Covid-19 no Brasil 

Fonte e foto: Agência Brasil

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário