HPC

Mulheres do Sul consideram que a pele impacta em sua autoestima, confiança e na forma como se enxergam

Estudo do IBOPE encomendado pela marca Bepantol® Derma, que trouxe um panorama sobre os hábitos de autocuidado das brasileiras com a saúde da sua pele, evidenciou também que as mulheres dessa região estão muito atentas aos cuidados com a hidratação de seu corpo e rosto

O cuidado com a hidratação da pele vai muito além de uma preocupação estética. Trata-se de um hábito fundamental para a saúde deste órgão. E as mulheres da região Sul do Brasil se mostraram alinhadas com essa afirmação. De acordo com um estudo conduzido pelo IBOPE DTM, encomendado por Bepantol® Derma, 85% das sulistas usam algum produto hidratante no rosto. Elas estão no topo da lista desse cuidado, a frente das mulheres das regiões Sudeste, Norte e Centro Oeste onde o índice foi de 82% e também da região Nordeste, onde a porcentagem foi de 76%.

Realizado com duas mil mulheres internautas de todo o Brasil, de classes A, B e C, com 16 anos ou mais, o levantamento apontou que não é apenas com a hidratação da pele do rosto que as mulheres do Sul se mostraram atentas, mas com a de todo o corpo, já que 89% das respondentes dessa região afirmam usar algum hidratante corporal. Quando perguntadas sobre a razão pela qual adotam esse hábito, 55% das mulheres sulistas afirmaram fazer isso por sentirem ser benéfico à saúde da sua pele.

“A pele é o maior órgão do corpo humano e tem muitas funções importantes. Entre elas, a produção de hormônios como a vitamina D e a melanina, essencial para nos proteger do câncer de pele. Mas, para desempenhar adequadamente seu papel, a pele precisa estar bem hidratada. Se nossa barreira cutânea não estiver íntegra, ela favorece uma série de doenças, infecções e alergias de pele”, explica a dermatologista e, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Gerente Médica da Bayer, Juliana Machado Canosa.

A relação das mulheres do Sul com a pele

Ao avaliar a percepção das mulheres com a própria pele, o estudo revelou que boa parte das mulheres da região Sul tentam gostar da pele do jeito que ela é (42%), independentemente do que outras pessoas pensam sobre ela, enquanto 11% afirmam nunca ter gostado muito da pele de seu rosto e corpo, e que gostariam que fosse mais hidratada e saudável. A pesquisa apontou ainda que, para 78% das entrevistadas da região Sul, a pele impacta na autoestima, confiança e na forma como se enxergam, e mais de 1/3 delas afirmam que quando a pele está com um aspecto ruim, não se sentem confortáveis em usar roupas que a expõem muito.

 A pesquisa também evidenciou que 30% das entrevistadas dessa região apontaram o ressecamento da pele do corpo como sendo um incômodo. E a hidratação é um cuidado fundamental para evitar que isso ocorra. Sejam peles mais secas, ou mesmo as com maior tendência à oleosidade, hidratá-la deve ser um hábito diário não apenas pela melhora do seu aspecto, mas também para que exerça bem suas funções de proteção. “Nossa pele está constantemente sendo agredida por agentes externos como ar-condicionado e poluição, ou até mesmo de agentes dos cosméticos, como a maquiagem. Ela atua como um escudo inteligente nos protegendo desses danos externos, portanto, é fundamental que esse cuidado com a sua hidratação seja feito diariamente”, esclarece a médica.

Na hora de escolher o hidratante, é importante optar por produtos que ofereçam uma hidratação que vá além da superfície, e atinjam as camadas mais profundas da epiderme (camada mais externa da pele). De acordo com a pesquisa, as mulheres da região Sul concordam com isso: 49% disseram que, para elas, uma hidratação de verdade e que traz resultados efetivos para a saúde da pele é a que vai além da superfície do órgão.

Com este olhar, a Bepantol Derma lançou uma linha completa para o cuidado do corpo e rosto, com cinco novos produtos desenvolvidos* de acordo com as necessidades da pele da mulher brasileira. Sua fórmula contém o exclusivo Dexpantenol Repair Complex com pró-vitamina B5 e vitamina B3, que agem nas camadas mais profundas da pele para uma hidratação rápida e duradoura.

Olhar atento à saúde da pele tautada

Outro dado interessante apontado pela pesquisa sobre as mulheres da região Sul é que elas são as que mais afirmaram ter tatuagem (39%), quando comparado com as demais regiões do país. Entre as mulheres do Sudeste, 32% fizeram a afirmação; enquanto no Nordeste, Norte e Centro Oeste do país, o índice não passou dos 24%.

Quando perguntadas sobre o produto que mais utilizam para o cuidado da região tatuada, 55% das sulistas afirmam aplicar os cremes do portfólio atual de Bepantol® Derma, como o Bepantol® Derma Hidratante Intenso Toque Seco Oil Free e o Hidratante Multirrestaurador.  Muito recomendados por dermatologistas e pelos próprios tatuadores para restaurar a pele da região tatuada, ambas variantes contêm em sua fórmula o dexpantenol, um potente emoliente que ajuda na restauração da barreira cutânea e mantém a hidratação da pele. “Quanto mais hidratada a pele, mais bonita e viva fica a tatuagem”, conclui a médica.

Mulheres do Norte e Centro-Oeste consideram que uma hidratação só é eficaz quando ela é profunda

*Fórmula globalmente desenvolvida em parceria com dermatologistas.

Fonte: Bayer / Bepantol® Derma

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário