Destaques & lançamentos

HPC

Nova masculinidade para o mercado de bens de consumo

63% dos adultos brasileiros do sexo masculino já se valem de produtos para cuidar da pele no dia a dia

A pesquisa, feita pelo Instituto Ideia, revela que 90% dos homens não teriam qualquer problema em circular com uma peça cor de rosa.

E mais: 63% dos adultos brasileiros do sexo masculino já se valem de produtos para cuidar da pele no dia a dia (e outros 32% poderiam usá-los) e 37% aceitam a ideia de incorporar maquiagem ao seu visual. Dessa maneira, o percentual de possíveis adeptos de base, pó compacto e afins cresce para 42% na faixa entre 25 e 34 anos.

Foram entrevistados 663 homens brasileiros com mais de 18 anos entre os dias 11 e 15 de abril deste ano, com a proporcionalidade regional, social e etária projetada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, considerando a PNAD 2021). A saber, a margem de erro é de 2,8 pontos percentuais.

No estudo, fica claro o potencial da chamada “nova masculinidade” para o mercado de bens de consumo.

Se os esmaltes, por exemplo, sempre estiveram mais associados ao repertório visual feminino, 30% do público masculino já incorporou ou está aberto a adotar unhas coloridas.

A mesma pesquisa mostra que, apesar dessa abertura, o homem brasileiro ainda tem preocupações ao abrir o guarda-roupa.

Mais da metade (51%) diz que, ao se vestir, evita parecer homossexual. A resposta é, também, quase a mesma entre os bissexuais (50%) e expressiva mesmo entre homossexuais (23%).

Comportamento na nova masculinidade

O machismo está presente em boa parte das respostas sobre questões comportamentais e, em vários pontos, contudo, ele é ligeiramente maior entre os mais jovens.

Apenas 34% dos homens brasileiros dizem apoiar o feminismo. Entre os jovens de 18 a 24 anos, são 28%.

“É fundamental entender mais profundamente os valores dos sentimentos masculinos para que possamos construir pontes, em diferentes áreas, para uma sociedade mais justa e igualitária”, diz o economista e  principal executivo do Instituto Ideia, Mauricio Moura.

Aumente as vendas de produtos de HPC para o mercado masculino na farmácia 

Fonte: Valor Econômico

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário