fbpx

Novartis sobe no índice de acesso a medicamentos

Empresa passa a ocupar o segundo lugar no ranking

A farmacêutica suíça Novartis subiu para o segundo lugar no Índice de Acesso a Medicamentos de 2018 (Access to Medicine Index), em reconhecimento aos seus esforços de longo prazo para melhorar o acesso aos cuidados com a saúde no mundo. A companhia saltou uma posição em relação ao ranking de 2016, quando ocupou a terceira posição. Na avaliação, a companhia teve forte desempenho em doações de produtos, graças à ampla cobertura geográfica de seu programa de combate à hanseníase em 49 países, inclusive no Brasil, onde a Carreta Novartis da Saúde já beneficiou mais de 66 mil pessoas em diversos estados. Hoje, o primeiro lugar se manteve com a GlaxoSmithKline, e a terceira colocação é da Johnson&Johnson.

O Índice de Acesso a Medicamentos mede o desempenho das 20 maiores empresas farmacêuticas para melhorar o acesso a medicamentos e cuidados com a saúde em países em desenvolvimento. O ranking contempla sete categorias: gestão de acesso a medicamento; influência e conformidade de mercado; pesquisa e desenvolvimento; precificação, fabricação e distribuição; patentes e licenciamento; capacitação; e doações de produtos.

A Novartis busca uma combinação de abordagens para expandir o acesso a seus medicamentos, por meio de filantropia, iniciativas de lucro zero, estratégias de preços equitativas e modelos de negócios sociais. Em 2017, a empresa alcançou 46 milhões de pacientes em todo o mundo por meio de iniciativas de acesso a assistência médica e 15 milhões de pessoas por meio de programas de educação em saúde.

Expansão do acesso

Na categoria de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), a Novartis subiu para o 3º lugar, em reconhecimento à sua abordagem sistemática para avaliar seu portfólio em relação às necessidades não atendidas de populações necessitadas por meio de uma unidade dedicada. Além disso, a empresa subiu 13 posições para o 2º lugar em influência e conformidade de mercado – o indicador também reconheceu o melhor desempenho em controles internos e transparência, incluindo apoio financeiro a grupos de pacientes.

O Novartis Access foi um dos programas da companhia bem avaliados, por disponibilizar parte do portfólio de medicamentos contra doenças crônicas por US$ 1 por tratamento mensal, iniciativa expandida para países na África e na Ásia. Outro destaque é o SMS for Life, que usa tecnologia móvel para gerenciar estoques de medicamentos, treinar profissionais de saúde e rastrear dados de vigilância de doenças. O ComHIP, apoiado pela Fundação Novartis e seus parceiros, ajuda a melhorar o controle da hipertensão e o autogerenciamento em Gana. Além disso, as iniciativas da empresa para fortalecer o atendimento em nível comunitário e sua abordagem para valorizar o impacto financeiro, ambiental e social de suas atividades empresariais na sociedade também são destacadas pelo índice global.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.