Novo projeto da Abrafarma ressalta papel das farmácias no acesso à saúde

Iniciativa da Abrafarma terá ações de orientação à população e mostrará como o grande varejo farmacêutico leva mais praticidade e confiança à população

A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), que representa 45% das vendas de medicamentos no país, deu início ao projeto Movidos pela Saúde – que contará com campanha de orientação à população e até um programa de TV.

Por meio da iniciativa, a entidade celebra os 30 anos de atuação e enfatiza, assim, o papel do varejo farmacêutico na promoção da saúde e do bem-estar dos brasileiros.

Dessa maneira, o projeto se estenderá até o fim do ano e tem como uma das primeiras ações o lançamento, nesta semana, de uma cartilha de conscientização sobre o autocuidado.

Ela que pode ser baixada gratuitamente na página oficial criada para o Movidos pela Saúde.

“Toda a população tem acesso a esse material, assim como as farmácias poderão utilizá-lo em campanhas de orientação aos seus clientes”, destaca o CEO da Abrafarma, Sérgio Mena Barreto.

O dirigente ressalta a relevância da iniciativa especialmente em período de pandemia.

“A Covid-19 mudou por completo a percepção dos brasileiros em relação às suas condições clínicas, ao mesmo tempo em que colocou holofotes sobre as farmácias e realçou sua relevância como canal de atenção primária à população”, explica.

Plataformas de conteúdo

Movidos pela Saúde terá plataformas de conteúdo adicionais, incluindo um programa de TV quinzenal no YouTube.

Abrafarma Talks terá a participação de executivos de redes de farmácias, laboratórios, representantes do poder público, instituições de saúde e universidades.

“O objetivo é, em um formato de talk show, esmiuçar como funciona todo o ecossistema que mobiliza o setor farmacêutico”, detalha Barreto.

Outra novidade será o lançamento de um livro para retratar os avanços das farmácias, contextualizados com fatos do Brasil e do mundo desde 1991.

Além de também avaliar sua relevância e o futuro sob o ponto de vista dos consumidores.

E também dos representantes dos segmentos que gravitam em torno da atividade.

A entidade também mantém conversações com grandes institutos de pesquisa para montar um calendário de estudos sobre o setor, envolvendo temas como consumo de medicamentos e demanda por serviços clínicos. “Conseguiremos compreender de forma mais clara a mudança de hábitos do cliente da farmácia”, acredita.

Como parte das celebrações, o Congresso Nacional prevê uma sessão solene em 2 de outubro deste ano.

Valorização das farmácias e dos farmacêuticos

A Abrafarma prepara ainda uma campanha de valorização das farmácias e dos farmacêuticos.

Isto será feito por meio de inserções publicitárias em diferentes canais de mídia e nos próprios pontos de venda.

“A ideia é promover supercloses nos procedimentos e tecnologias dos serviços de saúde, mas também nos sorrisos e no olho no olho, em uma pluralidade de representações. O foco é mostrar como o grande varejo farmacêutico leva mais praticidade e confiança à população. É um lugar onde o brasileiro encontra não apenas remédio, mas um moderno hub de saúde e cuidado”, conclui Barreto.

Abrafarma desenvolve aplicativo para auxiliar na vacinação contra a Covid-19 

Fonte: Abrafarma 

Foto: Divulgação

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário