O poder e crescimento do extrato de própolis

Com apelo natural e propriedades medicinais, categoria cresce no País e pode trazer lucratividade ao canal farma. Conheça as tendências e oportunidades

Anti-inflamatório, cicatrizante, antibacteriano, antiviral, antifúngico, imunomodulador…São muitas as aplicações para a própolis, substância produzida pelas abelhas e que entre os principais compostos ativos estão os flavonoides, aminoácidos, óleos essenciais, entre outros.

Acompanhando a tendência da população que, cada vez mais, busca por tratamentos medicinais naturais e menos agressivos, atualmente, os produtos à base de extrato de própolis em gotas ou spray apresentam um crescimento constante e significativo. “A preferência por produtos de alta concentração e com alta tecnologia, como o Propomax sem álcool, lideram esta tendência. No geral, o consumidor brasileiro tem dado preferência para produtos com melhor custo benefício, confiáveis e que já comprovaram sua eficácia”, constata o presidente da Apis Flora, Raul Ferreira, reforçando que, para 2018, a expectativa é que a empresa mantenha o crescimento acima de dois dígitos, como nos últimos anos. “Sabemos que é um grande desafio, mas projetamos uma expansão entre 15% e 18% para esse ciclo”, revela.

Potencialize as vendas nas farmácias

Empresas que atuam no setor de extrato de própolis, como a Apis Flora, estão presentes no varejo farmacêutico, além de farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais. Essa presença em diferentes nichos possibilita a difusão das marcas e fazem com que o consumidor tenha maior facilidade de encontrar o produto de seu interesse. “Nosso intuito e orientação é de que o ponto de venda reforce os benefícios dos princípios ativos de nossos produtos e apresente nossos diferenciais para que o consumidor tenha como referência a Apis Flora no momento da escolha”, comenta Ferreira.

As chances de um cliente gastar mais são maiores quando ele entra em uma loja e encontra facilmente os produtos que deseja. Assim, quando a variedade de produtos de uma mesma marca é grande, a tendência para colocar estes itens na cesta de compras é muito maior. “Uma estratégia é os atendentes mostrarem ao consumidor os diferenciais de produtos com maior concentração e tecnologia, que agregam benefícios, bem como preço”, finaliza o executivo.

Fonte: Apis Flora e Guia da Farmácia, edição 311

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário