Os 20 medicamentos de farmácia mais caros dos EUA em 2021

A um preço mensal estimado de US$ 86.000, ou mais de US$ 1 milhão por ano, o Zokinvy é agora o medicamento mais caro para farmácias nos EUA

Em novembro de 2020, a Eiger BioPharmaceuticals obteve autorização da Federal Drug Administration (FDA) para comercializar o Zokinvy. O medicamento é usado para o tratamento de doenças ultra raras de envelhecimento rápido que afetam cerca de 600 pessoas em todo o mundo.

Medicamentos que tratam pequenas populações de pacientes normalmente vêm com preços altos, mas o preço de etiqueta do Zokinvy agora supera todos eles nas farmácias americanas.

A um preço mensal estimado de US$ 86.000, ou mais de US$ 1 milhão por ano, o Zokinvy é agora o remédio mais caro para farmácias nos EUA em fevereiro, de acordo com uma lista compilada pela GoodRx.

Ranking dos medicamentos mais caros dos EUA

A saber, o ranking tem como foco os preços mensais e não inclui medicamentos administrados por médicos.

Zokinvy, um ex-candidato ao câncer Eiger licenciado da Merck & Co., passou a da terapia de deficiência de tecido adiposo da Amryt Pharma, Myalept, do primeiro lugar na lista do ano passado.

É tão caro que chega a ser classificado como o segundo medicamento mais caro se os medicamentos administrados na clínica ou hospital também forem contados, atrás apenas da terapia gênica única para atrofia muscular espinhal da Novartis, Zolgensma, de US $ 2,125 milhões.

O FDA deu a Zokinvy seu sinal verde para retardar o desenvolvimento – não a cura – da Síndrome da Progeria de Hutchinson-Gilford e das Laminopatias Progeróides com deficiência de processamento.

Trata-se, portanto, de duas doenças genéticas marcadas pelo envelhecimento acelerado que afetam 400 e 200 pacientes em todo o mundo, respectivamente.

A saber, nos Estados Unidos, apenas 20 pacientes foram identificados e a dosagem é ajustada com base na área de superfície corporal, e GoodRx baseou seu cálculo em pacientes que tomam cerca de 200 mg de Zokinvy por dia.

O Eiger lançou oficialmente o medicamento em janeiro como o único tratamento disponível para condições ultrarreais.

Programa Eiger OneCare

Como a maioria dos pacientes nos Estados Unidos já recebeu Zokinvy por meio de um programa de acesso expandido Eiger, eles agora são incluídos em um programa chamado Eiger OneCare.

Este programa oferece assistência de copagamento (financiamento) e outros tipos de suporte ao paciente.

Seu preço líquido anual médio aproximado por paciente, incluindo descontos obrigatórios do governo, deve ficar em torno de US$ 650.000.

Com a entrada de Zokinvy, o Myalept, a um preço de tabela mensal de US $ 74.159, caiu para o segundo lugar.

Seguido pelo medicamento para esclerose múltipla Mavenclad da Merck KGaA, que custa US $ 60.371 por um ciclo de tratamento.

É importante ressaltar que Zokinvy e Myalept são tomados todos os dias.

Enquanto Mavenclad – a dosagem exata depende do peso – é administrado apenas dois ciclos por ano espaçados por um mês.

A dosagem escolhida pela GoodRx equivaleria, então, a cerca de US$ 120.000 por ano para Mavenclad. Porém, ele possui eficácia por quatro anos, custando, assim, cerca de US$ 30.000 por ano.

Além do Zokinvy, o medicamento para Angioedema Hereditário oral recém-aprovado da BioCryst Pharmaceuticals, Orladeyo, também é uma nova entrada na lista deste ano, ocupando o 13º lugar com um preço de tabela mensal de US$ 37.308.

Ainda assim, ficou abaixo da injeção de HAE do rival da Takeda, Takhzyro, que conquistou a 7ª posição a um custo mensal de US$ 46.828.

O Qinlock da Deciphera Pharmaceuticals, para pacientes pré-tratados com tumores estromais gastrointestinais, chegou ao 17º lugar a um preço mensal de US$ 32.000.

O medicamento da Bristol Myers Squibb, o Celgene, para o câncer de sangue, Idhifa, está entre os 20 primeiros graças ao seu preço de US$ 28.246.

Medicamentos que não entraram na lista 

O medicamento para hepatite C da Gilead Sciences, Solvadi, outrora criticado por seu alto preço, o rival da AbbVie, Viekira Pak HCV, e o medicamento para leucemia mieloide aguda da Agios Pharmaceuticals, Tibsovo, estão entre os que foram eliminados da lista dos 20 principais em 2021.

Doze dos 20 medicamentos tiveram aumentos de preços este ano, incluindo 4% do Myalept e 6% do Mavenclad, observou GoodRx.

Fonte: Fierce Pharma

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário