Pacientes de psoríase sofrem com estigmas e preconceitos

Doença autoimune não é transmissível, mas é bastante visível

A psoríase é uma doença sistêmica que se manifesta na pele. A doença causa a proliferação excessiva de células na pele, formando placas que coçam, sangram e, dependendo da sua localização, podem ser dolorosas. As lesões da pele podem ser localizadas ou generalizadas, em geral simétricas, com clara demarcação, crostas vermelhas, normalmente cobertas com escamas brancas ou prateadas.

De acordo com o dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Dr. André Hirayama, a doença não é infecciosa, mas causa muitos estigmas para quem sofre com ela. “Estudos dizem que 37% dos pacientes são tratados com diferença e já foram, por exemplo, impedidos de ir à piscina ou academia”, diz ele.

Além disso, 48% mudaram seus hábitos para evitar constrangimentos e 56% afirmaram que a doença afetou seus relacionamentos. Uma pesquisa inédita no Brasil e divulgada pela Janssen, revela que a enfermidade pode comprometer o emocional, o físico e a rotina das pessoas diagnosticadas com a doença. Entre as comorbidades relacionadas, 70% dos pacientes sofrem com distúrbios emocionais, como ansiedade (39,7%) e depressão (27,1%).

Além disso, o estilo de vida dos pacientes está ligado ao sedentarismo, sendo que mais de 60% delas não praticam atividades físicas. Além disso, a maioria dos pacientes ouvido possui obesidade (37,1%) ou sobrepeso (36,4%).

A psoríase é classificada em três níveis: leve, moderada e grave. Aproximadamente 80% dos pacientes sofrem somente com o grau leve, que demanda cuidados tópicos. O dermatologista do departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas, Dr. Marcelo Arnone, explica que a administração diretamente sobre a lesão cutânea é feita, normalmente, com corticoides. Porém, seu uso em longo prazo pode afinal a pele e, se usado em grandes extensões do corpo, pode causar as mesmas reações do uso de corticóide oral.

As informações fizeram parte de um debate feito pela Janssen no evento “Psoríase em Fotos e Fatos” que contou, também, com uma exposição de fotos de uma série de pacientes que sofrem com a doença.

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.