fbpx

Parceria entre farmacêuticas aumenta alcance de exame para pacientes com câncer de pulmão

MSD e Boehringer Ingelheim se unem para disseminar testes que ajudam a detectar melhor tratamento para o paciente. Resultados saem em seis dias úteis

Pacientes com diagnóstico de câncer de pulmão acabam de ganhar mais um aliado para lutar contra a doença: o Programa PD-Point 2.0. Lançado pela farmacêutica MSD, o projeto oferece, gratuitamente, exames para identificar rapidamente a presença dos biomarcadores PD-L1 e de mutações dos genes EGRF e ALK, utilizados para determinar qual o melhor tratamento para cada paciente. O programa garante a emissão dos resultados em apenas seis dias úteis – o que antes só era possível em 12 dias –, acelerando assim, o diagnóstico preciso do câncer de pulmão. Para que o exame possa ser acessível para um maior número de pessoas, MSD e Boehringer Ingelheim firmaram parceria que visa unir esforços para aumentar a capilaridade do exame entre os médicos.

“Atualmente, não há como falar sobre tratamento de câncer de pulmão sem esses exames. Eles são imprescindíveis e determinantes para que o médico possa oferecer a melhor opção terapêutica para seus pacientes”, enfatiza o diretor médico de Oncologia e Hematologia do Hospital BP Mirante, a Beneficência Portuguesa de São Paulo, Dr. William William.

A diretora médica de Oncologia da MSD Brasil, Dra. Marcia Datz Abadi, destaca a importância de unir forças para multiplicar o alcance do Programa PD-Point 2.0. “A Boehringer Ingelheim é reconhecida no mercado pelo seu trabalho no combate ao câncer de pulmão, nos pareceu natural procurar um parceiro gabaritado para ajudar a levar aos médicos informações sobre como o programa pode ajudar os pacientes. Nosso objetivo é ampliar o acesso”, explica.

A força de vendas da Boehringer Ingelheim, que diariamente visita consultórios em todo o País, a partir de agora também vai levar as informações do programa aos especialistas. “É muito importante facilitar o acesso a esses exames, para que o tratamento adequado a cada paciente seja instituído rapidamente pelos seus médicos”, detalha a diretora médica da Boehringer Ingelheim do Brasil, Dra. Thaís Melo.

O que são biomarcadores?

Biomarcadores são moléculas encontradas no sangue e outros fluidos ou tecidos corporais, como urina e plasma, que podem ser utilizados para identificar uma condição biológica ou uma doença. Quando determinado tipo de alteração é identificada no organismo do paciente, serve como referência para o médico determinar a estratégia do tratamento.

Quando estas informações são utilizadas na personalização do tratamento, aumentam as chances de o paciente obter resultados positivos. Além disso, possibilita que os recursos da saúde, pública e privada, sejam alocados de forma mais sustentável, uma vez que identifica com precisão se o paciente está apto a receber ou não determinados tipos de medicamentos.

Fonte: Assessoria de Imprensa, Ketchum
Foto: Shutterstock

Deixe um comentário