Pfizer compra a Trillium, empresa especializada em tratamentos contra o câncer

Na documentação, consta que a Pfizer irá adquirir as ações restantes da Trillium que ainda não pertencem a ela por cerca de 2,26 bilhões de dólares ou cerca de 18 dólares por ação

Foi anunciada no dia 23 de agosto, o acordo de compra da Trillium Therapeutics pela Pfizer.

Na documentação, consta que a Pfizer irá adquirir as ações restantes da empresa que ainda não pertencem a ela por aproximadamente 2,26 bilhões de dólares ou cerca de 18 dólares por ação.

A Trillium Therapeutics é mundialmente conhecida por seus inúmeros projetos e pesquisas sobre o câncer.

A saber, a Pfizer já atuava no quadro de acionista da Trillium desde 2020, quando foi investido cerca de 25 milhões de dólares no laboratório.

Sobre a aquisição, o presidente global e gerente-geral da Pfizer Oncology, Andy Scheltz, afirmou que ‘O anúncio de hoje reforça nosso compromisso em buscar avanços científicos com a adição de moléculas potencialmente melhores da classe ao nosso pipeline inovador’.

Dentro da Trillium Therapeutics há produtos biológicos que são programados para aumentar a capacidade do sistema imunológico nativo dos pacientes para detectar e destruir células cancerígenas.

TTI-622 e TTI-621 são as duas moléculas essenciais que bloqueiam as proteínas de sinalização envolvidas em cânceres de sangue e testadas em pessoas com outros tipos da doença, por exemplo.

Portifólio

A empresa também tem em seu portifólio a proteína CD47, uma proteína encontrada em algumas células cancerosas que fica oculta da resposta imune comum e enviam, então, um sinal para ativar a resposta.

O CEO da Trillium, Jan Skvarka, disse que ‘nossos programas avançarão mais rapidamente para os pacientes que sempre desejamos atender. […] Acreditamos que este seja um bom resultado para os pacientes e nossos acionistas’.

Após a notícia de aquisição da Trillium pela farmacêutica Pfizer, as ações da empresa especialista em tratamentos de câncer fecharam em alta: 188,83% (Nasdaq).

Para a gestora de investimentos Bernstein, a compra da empresa de biotecnologia pela Pfizer tem coerência.

Visto que a Trillium tem medicamentos experimentais para o câncer no sangue.

Berntein também afirma que comprar medicamentos experimentais em desenvolvimento é um movimento estratégico para a Pfizer.

Já que a empresa precisa achar formas de manusear a receita gerada com as vendas de vacinas contra a Covid-19.

Fonte: R7

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário