Pfizer cresce 26% no segundo trimestre

Empresa teve lucro de US$ 3,87 bilhões

A Pfizer obteve lucro líquido de US$ 3,87 bilhões no segundo trimestre do ano, alta de 26% em comparação aos US$ 3,07 bilhões do mesmo período do ano anterior. O lucro por ação ficou em US$ 0,65, superior aos US$ 0,51 no mesmo trimestre em 2017.

A receita da empresa cresceu 4,4% no período, chegando a US$ 13,46 bilhões. O resultado também ficou além da projeção de analistas, que esperavam por US$ 13,29 bilhões. Para o diretor-presidente da Pfizer, Ian Read, o lucro foi impulsionado pelo crescimento das vendas dos principais medicamentos da companhia, como o anticoagulante Eliquis e o fármaco para artrite reumatoide, Xeljanz.

Por outro lado, o resultado foi prejudicado pela perda de exclusividade de outros produtos e falhas na disponibilização de suprimentos da Hospira, fornecedora de medicamentos injetáveis e de biossimilares compra pela Pfizer em 2015.

A organização elevou sua projeção para o lucro por ação do ano, de US$ 2,95 para US$ 3,00 e diminuiu sua previsão para a receita, citando as recentes e desfavoráveis mudanças cambiais que levaram ao enfraquecimento do euro, do Yuan chinês e do iene japonês em relação ao dólar.

Fonte: Valor Econômico
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário