P&G completa 30 anos no País com iniciativa social

Empresa cria campanha para doação de água pura em comunidades carentes

A P&G realizou ontem (6), na sede da companhia, em São Paulo, um evento para celebrar os 30 anos da companhia no País. Entre outros especialistas, estiveram presentes no evento a presidente da P&G Brasil, Juliana Azevedo, e o embaixador da marca no Brasil, o apresentador Rodrigo Faro.

No encontro, foi anunciada uma campanha a fim de transformar a vida de milhares de crianças e famílias no País. Por meio do seu programa Água Pura para Crianças, que distribui sachês purificadores de água em comunidades carentes, a companhia doará 1 dia de água pura para cada clique que receber no site da campanha. “Apenas no Brasil, há mais de 35 milhões de pessoas sem acesso à água tratada. É um problema muito grave que afeta, principalmente, o desenvolvimento infantil. Nosso propósito sempre foi melhorar a vida das pessoas e isso inclui atuar, diretamente, em questões essenciais para o seu dia-a-dia, como ter acesso a um direito básico de todo cidadão, a água potável. Essa é a maneira especial que escolhemos para comemorar nossos 30 anos no País”, afirmou Juliana Azevedo.

Para participar da campanha “1 clique = 1 dia de água pura”, basta acessar o site www.doeaguapura.com.br e clicar no botão de doação. O usuário será direcionado a uma página de cadastro e, após efetuá-lo, terá doado um dia de água pura para famílias das regiões atendidas pelo programa da P&G: comunidades ribeirinhas do Amazonas, Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, e comunidades do extremo Sul da Bahia.

Desde 2004, a P&G já forneceu mais de 13 bilhões de litros de água potável para pessoas necessitadas de todo o mundo. Presente no Brasil, desde 2014, já são mais de 68 milhões de litros de água doados e 38 mil pessoas beneficiadas. O projeto, implementado por meio de parceiros, fornece um sachê de purificação de água inventado pelos cientistas da P&G que pode purificar 10 litros de água em apenas 30 minutos.

Tendências no comportamento

Durante o encontro, a P&G também anunciou os resultados de uma pesquisa qualitativa sobre tendências relacionadas a três temas que considera relevantes para a evolução do diálogo com seus consumidores: sustentabilidade, diversidade e família.

Com base no guarda-chuva de sustentabilidade, o levantamento, realizado pela consultoria WGSN, mostrou que o conceito “Sistemas ecossociais” foi considerado o mais importante para o futuro do Brasil. Isso significa que a grande maioria dos entrevistados avaliam que, no futuro, será essencial multiplicar as atitudes positivas e pensar na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e de energia. Outra tendência mapeada é a de “um mundo pós-plástico”, onde fabricantes de produtos de limpeza e beleza buscarão soluções sem a utilização do material. O terceiro conceito mapeado é o “descartáveis renováveis”, no qual o reaproveitamento de materiais não será mais nichado, sendo cada vez mais acessível a compra de produtos reutilizados.

Com o guarda-chuva de diversidade, a segunda tendência considerada pelos entrevistados a mais relevante para os próximos anos no Brasil é “a nova maioria”, quando grupos antes marginalizados serão mais ouvidos, ganhando voz política. Outra tendência apontada pela consultoria, e que teve grande aderência por parte dos entrevistados, é que a “beleza fora do padrão” será cada vez mais aceita e, inclusive, usadas em campanhas de comunicação de grandes empresas. O último conceito em torno do tema diversidade, é de que as pessoas passarão a aceitar mais as suas falhas, adotando o posicionamento de “os imperfeccionistas”. A quebra dos padrões estéticos ganha força, principalmente, entre os mais jovens, que enxergam imperfeições e defeitos como traços que reforçam a personalidade.

Dentro do pilar de família, o conceito que se destacou é o de “co-parenting”, ou seja, menos casais e mais duplas. No futuro, a criação dos filhos ampliará o número de configurações possíveis. Isso se deve, principalmente, ao fato de os millennials estarem redefinindo o significado da paternidade, sendo a principal geração a enraizar a ideia da educação em conjunto. Os entrevistados também acreditam fortemente que as outras duas tendências mapeadas serão realidade no Brasil: “Pais conectados”, que buscam trocar experiências e aprendizados online, e a “maternidade real”, mais humanizada – com seus desafios abertamente discutidos.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Guia da Farmácia

 

 

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário