Potássio: para o que serve e quais alimentos são ricos no nutriente?

Níveis baixos ou altos demais de potássio podem causar sérios prejuízos à saúde

O potássio é um nutriente essencial para o bom funcionamento do organismo e do sistema nervoso, cardíaco, muscular, bem como para o equilíbrio do pH no sangue.

Níveis baixos ou altos demais de potássio podem trazer diversos problemas de saúde, causando fadiga, desmaios, entre outros sintomas.

Entenda os benefícios do nutriente para o corpo, os sintomas de níveis baixos ou altos de potássio, quais alimentos são ricos no nutriente e muito mais.

O que é o potássio?

O potássio é um nutriente, um elemento de origem mineral, essencial para o bom funcionamento do organismo. O nutriente é um dos principais componentes das células humanas e desempenha um papel fundamental em diversas funções corporais que veremos a seguir.

Para o que serve?

O potássio realiza diversas funções importantes no organismo. Algumas delas são:

  •  Funcionamento dos rins: o nutriente atua como um isotônico, sendo importante no controle dos níveis de água no organismo.
  •  Sistema cardiovascular: o potássio auxilia a regular a pressão arterial e o metabolismo como um todo, sendo importante para a manutenção do ritmo cardíaco e para a contração muscular.  
  • Sistema nervoso: o potássio auxilia na comunicação dos neurônios, chamada sinapse.
  • Alívio de dores: sabe aquela cãibra durante a noite? Na maioria dos casos, ela pode ser evitada com o consumo de alimentos ricos em potássio. Isso porque o nutriente é importante para o bom funcionamento dos músculos, aliviando dores relacionadas às contrações musculares, como é o caso das cãibras.  
  • Fortalecimento dos ossos: o nutriente combate ácidos que reduzem o cálcio dos ossos, sendo essencial para garantir uma boa densidade óssea.

potassio_osso_fortalecer

Quais os sintomas do potássio baixo? O que acontece?

Quando a quantidade de potássio na corrente sanguínea está baixa, dá-se o nome de hipocalemia.

Isso pode ocorrer por diversos fatores, entre eles diarreia, vômitos, uso excessivo de álcool ou laxantes, insuficiência renal crônica, entre outros.

Caso a quantidade de potássio na corrente sanguínea esteja muito baixa, os sintomas costumam variar entre:

  •  Fadiga.
  • Constipação.
  • Paralisia.
  • Espasmos musculares.
  • Fraqueza.
  • Ritmo cardíaco anormal, entre outros.

Caso você apresente qualquer um desses sintomas consulte um médico e nunca se automedique.

Quais os sintomas do potássio alto? O que acontece?

Quando a quantidade de potássio na corrente sanguínea está alta, chama-se hipercalemia ou hiperpotassemia.

As causas variam, mas normalmente o excesso do nutriente é causado pela diabetes tipo 1, sangramentos, uso de medicamentos diuréticos, entre outras causas. 

Caso o excesso de potássio seja alto, os sintomas variam entre:

  • Arritmia cardíaca.
  • Vômitos.
  • Dormência.
  • Redução dos batimentos cardíacos.
  • Fraqueza muscular, entre outros.

 Contudo, somente um médico pode dar o diagnóstico correto, bem como o melhor tratamento para o seu caso.

O que causa a falta do nutriente no organismo?

A falta de potássio no organismo pode ser causada por uma alimentação pobre no nutriente, ou por problemas de saúde. Alguns deles são:

  • Diarreia.
  • Vômitos.
  • Uso excessivo de álcool ou laxantes.
  • Insuficiência renal crônica.
  • Uso de determinados medicamentos.

potassio_vitamina_repor

Quais alimentos são ricos em potássio?

Quando pensamos em alimentos ricos no nutriente a primeira sugestão que vem à cabeça é a banana, mas diversos outros alimentos também são cheios do nutriente. São eles:

  • Espinafre.
  • Batata doce.
  • Amêndoas.
  • Abacate.
  • Aveia.
  • Couve.
  • Tomate.
  • Beterraba.

Além disso, também é possível manter os níveis de potássio no organismo através da suplementação. Contudo, seu uso só deve ser feito a partir da recomendação de médicos e nutricionistas. A automedicação nunca é recomendada e pode trazer prejuízos à saúde.

Conclusão

O potássio é um nutriente, um elemento de origem mineral, essencial para o bom funcionamento do organismo.

Ele é essencial para a boa densidade óssea, para o funcionamento dos rins, do sistema nervoso, no sistema cardiovascular, no alívio das dores, entre diversas outras funções.

É possível garantir bons níveis do nutriente no organismo através de uma alimentação balanceada ou do uso de suplementos alimentares.

Contudo, o uso de suplementos deve ser orientado por um médico ou por um nutricionista. A automedicação nunca é recomendada e pode trazer sérios prejuízos à saúde.

Como identificar se você está com falta de vitaminas?

 

Referências

Associação nacional de atenção ao diabetes

Portal da diálise

 

Fonte: Guia da Farmácia

Fotos: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Sobre o colunista

Victoria Nascimento

Deixe um comentário