Prati-Donaduzzi investirá R$ 650 milhões no Paraná após parceria com o Governo do Estado

Para aumentar sua capacidade produtiva, a farmacêutica prospecta uma nova unidade fabril, mais tecnologia, pesquisa, desenvolvimento e inovação

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi, localizada em Toledo, na região Oeste do Paraná, se consolida como a maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil. Uma parceria com o Governo do Estado do Paraná foi oficializada na quarta-feira (05/01), no Palácio Iguaçu em Curitiba. Assim, viabilizando o investimento de R$ 650 milhões pela empresa no Estado.

Os próximos passos resultarão na ascensão da indústria no mercado farmacêutico com o aumento da sua capacidade produtiva e ampliação do seu portfólio. A Prati-Donaduzzi investirá nos próximos anos na construção de uma nova unidade fabril de alta tecnologia em sua sede, modernização das plantas atuais, bem como em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I).

“Sempre acreditamos no poder transformador do empreendedorismo como motor do desenvolvimento. Com esses investimentos geraremos emprego, avanços econômicos e sociais e ampliaremos o acesso de medicamentos à população. Assim, cumprindo nossa missão”, avalia o presidente do Conselho Administrativo, Luiz Donaduzzi.

Parceria com o Governo

O protocolo de intenções firmado com o Governo do Paraná foi fundamental para a decisão da indústria. Após avaliar propostas de governos de outros Estados, a Prati escolhe valorizar a sólida parceria com o Paraná, onde iniciou sua história há 26 anos.

A Prati-Donaduzzi assegurou o apoio do Governo do Estado por atender três critérios: geração de empregos, inovação e aumento de arrecadação tributária a médio e longo prazo. “Estamos felizes por continuar investindo no Paraná e contribuindo para o desenvolvimento regional”, reforça Donaduzzi.

A parceria, firmada com a Invest Paraná, antiga Agência Paraná de Desenvolvimento (APD), prevê compromissos de ambas as partes. O Estado concederá benefícios tributários e fiscais à empresa. Em contrapartida, a farmacêutica aplicará R$ 650 milhões em seu projeto de crescimento, contemplando construção e ampliação de estrutura física e aquisição de equipamentos de última geração, contribuindo para a economia do estado e gerando centenas de novos postos de trabalho.

Potencial de crescimento

Para o diretor-presidente da farmacêutica, Eder Fernando Maffissoni, este momento evidencia o potencial da indústria que se destaca como referência na produção de medicamentos e projeta crescer 40% em sua capacidade produtiva. Assim, atingindo 17 bilhões de doses por ano.

“Os investimentos garantem que possamos levar saúde e bem-estar a milhões de brasileiros, através de produtos farmacêuticos de alta qualidade e confiabilidade”, finaliza Maffissoni.

Prati-Donaduzzi oferece 180 oportunidades de emprego 

Foto e fonte: Prati-Donaduzzi

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário