fbpx

Prati-Donaduzzi investirá R$ 650 milhões no Paraná após parceria com o Governo do Estado

Para aumentar sua capacidade produtiva, a farmacêutica prospecta uma nova unidade fabril, mais tecnologia, pesquisa, desenvolvimento e inovação

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi, localizada em Toledo, na região Oeste do Paraná, se consolida como a maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil. Uma parceria com o Governo do Estado do Paraná foi oficializada na quarta-feira (05/01), no Palácio Iguaçu em Curitiba. Assim, viabilizando o investimento de R$ 650 milhões pela empresa no Estado.

Os próximos passos resultarão na ascensão da indústria no mercado farmacêutico com o aumento da sua capacidade produtiva e ampliação do seu portfólio. A Prati-Donaduzzi investirá nos próximos anos na construção de uma nova unidade fabril de alta tecnologia em sua sede, modernização das plantas atuais, bem como em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I).

“Sempre acreditamos no poder transformador do empreendedorismo como motor do desenvolvimento. Com esses investimentos geraremos emprego, avanços econômicos e sociais e ampliaremos o acesso de medicamentos à população. Assim, cumprindo nossa missão”, avalia o presidente do Conselho Administrativo, Luiz Donaduzzi.

Parceria com o Governo

O protocolo de intenções firmado com o Governo do Paraná foi fundamental para a decisão da indústria. Após avaliar propostas de governos de outros Estados, a Prati escolhe valorizar a sólida parceria com o Paraná, onde iniciou sua história há 26 anos.

A Prati-Donaduzzi assegurou o apoio do Governo do Estado por atender três critérios: geração de empregos, inovação e aumento de arrecadação tributária a médio e longo prazo. “Estamos felizes por continuar investindo no Paraná e contribuindo para o desenvolvimento regional”, reforça Donaduzzi.

A parceria, firmada com a Invest Paraná, antiga Agência Paraná de Desenvolvimento (APD), prevê compromissos de ambas as partes. O Estado concederá benefícios tributários e fiscais à empresa. Em contrapartida, a farmacêutica aplicará R$ 650 milhões em seu projeto de crescimento, contemplando construção e ampliação de estrutura física e aquisição de equipamentos de última geração, contribuindo para a economia do estado e gerando centenas de novos postos de trabalho.

Potencial de crescimento

Para o diretor-presidente da farmacêutica, Eder Fernando Maffissoni, este momento evidencia o potencial da indústria que se destaca como referência na produção de medicamentos e projeta crescer 40% em sua capacidade produtiva. Assim, atingindo 17 bilhões de doses por ano.

“Os investimentos garantem que possamos levar saúde e bem-estar a milhões de brasileiros, através de produtos farmacêuticos de alta qualidade e confiabilidade”, finaliza Maffissoni.

Prati-Donaduzzi oferece 180 oportunidades de emprego 

Foto e fonte: Prati-Donaduzzi

Deixe um comentário