Profarma apresenta trimestre de evolução nos resultados

No 3T19, a Profarma registra crescimento de 14,6% na receita consolidada e aumento de 34,8% no Ebitda, representando R$ 31,6 milhões

A Profarma divulgou os resultados do terceiro trimestre de 2019 (3T19). A receita bruta consolidada do Grupo Profarma no período atingiu R$ 1,5 bilhão. Assim, evidenciando crescimento de 14,6% na comparação com o 3T18, bem como o  incremento de 34,8% no Ebitda, que registrou R$ 31,6 milhões. Os desempenhos de receita e Ebitda ocorreram concomitante com a redução da alavancagem da Companhia, cujo indicador dívida líquida/Ebtida saiu de 5,6x no 3T18 para 4,0x no 3T19 e, ainda, com a redução de sete dias no ciclo de caixa. Desse modo, caracterizando uma menor necessidade de capital de giro.

Outra conquista no trimestre foi a parceria firmada entre o Grupo Profarma e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O acordo foi celebrado por meio do Instituto Profarma de Responsabilidade Social (IPRS), cuja missão é contribuir para o acesso de crianças e adolescentes à saúde e educação, o que está alinhado com os propósitos do Unicef. Essa é a primeira parceria do Unicef com o segmento de distribuição e varejo farmacêutico no Brasil.

“Fomos escolhidos para ser a primeira parceria do Unicef com o segmento farmacêutico nacional em virtude de nossa idoneidade e integridade. Esperamos que outras empresas possam se juntar a nós nesta importante causa. Com relação aos nossos resultados, tivemos forte desempenho neste trimestre, quando, mais uma vez, direcionamos nossos esforços para o aumento da geração de caixa, o ganho de rentabilidade e a consequente redução do nosso grau de alavancagem financeira. Temos transformado as vantagens do modelo integrado em resultados, trimestre a trimestre.”, ressalta o vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Profarma, Max Fischer.

Distribuição e varejo da Profarma

A Divisão registrou evolução de 18,6% na receita bruta no trimestre, quando comparado com o 3T18, e aumento de 41,7% no Ebitda, que atingiu R$ 25,1 milhões, com margem Ebitda de 2,1%, 0.3 p.p. maior que o mesmo período do ano anterior (1,8%). Além disso, destaca-se também a redução de 4,7 dias no ciclo de caixa e de 0,6 p.p. das despesas operacionais e corporativas em relação à receita líquida, resultado das contínuas melhorias de processo implementados nos Centros de Distribuição , incluindo a metodologia Lean.

O faturamento médio por loja foi 1,8% acima do registrado no 3T18. Além disso, considerando o conceito lojas maduras, houve crescimento também de 1,8% no mesmo período. O Ebitda da Divisão foi 18,7% maior, na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Assim, atingindo R$ 5,9 milhões e margem Ebitda de 1,9%, 0,4p.p. maior que no 3T18. O ciclo de caixa foi 2,3 dias menor do que no mesmo período de 2018, 30,3 dias. Desse modo, bem abaixo da média das grandes redes.

Foto: Shutterstock

Fonte: Grupo Profarma

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário