fbpx
HPC

Publicadas orientações sobre a sobre produção de álcool gel

Material destinado a empresas traz o passo a passo para a fabricação de formulações antissépticas alcoólicas em pequena escala

Já está disponível no Portal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um material com orientações gerais para a produção de formulações antissépticas alcoólicas, tais como álcool etílico e álcool gel.

Entre as informações disponíveis estão os itens necessários para a produção dos antissépticos em pequena escala, bem como o método de preparação e a quantidade de produtos que são usados nesse processo. Há também um passo a passo, além de orientações sobre rotulagem e regulação sanitária.

A medida é mais uma das ações estratégicas para viabilizar estoques de produtos que podem ser utilizados no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Isso uma vez que o álcool é essencial para a higienização das mãos.

O guia foi elaborado com base no Formulário Nacional da Farmacopeia Brasileira e no Guia da Organização Mundial da Saúde (OMS) para produção de soluções antissépticas.

É importante destacar que, recentemente, a Anvisa isentou esses produtos de registro, bem como denotificação e licenciamento sanitários como forma de estimular a produção de antissépticos alcoólicos, especialmente álcool em gel. Contudo, a medida é extraordinária e temporária e visa reforçar o enfrentamento do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Confira aqui a íntegra do material com orientações gerais para a produção de formulações antissépticas alcoólicas.

Vendas de álcool em gel crescem quatro vezes em fevereiro contra janeiro 

Foto: Shutterstock
Fonte: Anvisa

Deixe um comentário