RB adaptou a comunicação com farmácias diante da pandemia

Empresa tomou decisões ágeis e eficazes para suspender o trabalho em campo logo que houve a detecção dos primeiros casos de contaminação da Covid-19 no Brasil

Higiene é a base da saúde é um dos lemas da Reckitt Benckiser (RB), empresa com mais de 200 anos de mercado, que realizou mudanças em todas as equipes para garantir a segurança de seus funcionários diante da pandemia da Covid-19.

Confira a entrevista exclusiva com o diretor de Vendas da RB Health & Nutrition Comercial Brasil, Pedro Lobo.

Guia da Farmácia Como foi a adaptação do trabalho da equipe externa de vendas quando a pandemia começou no Brasil?

Pedro Lobo  Colocar as pessoas e os consumidores em primeiro lugar é um dos principais valores da RB, por isso, tomamos decisões ágeis e eficazes para suspender o trabalho em campo logo que houve a detecção dos primeiros casos de contaminação da Covid-19 no Brasil. A primeira ação foi garantir que estavam em segurança e tinham todas as ferramentas de trabalho. Fizemos uma revisão das atividades para garantir que o foco principal estava no atendimento ao cliente. Por telefone ou meios virtuais sabemos que as reuniões tendem a perder produtividade e as vezes precisam de mais tentativas para encontrar a outra pessoa, então tiramos várias atividades para ter certeza que o foco era 100% o cliente.

Fizemos reuniões operacionais diária para estar próximos e ouvir as necessidades do dia a dia. Além disso, no final, tivemos grandes adaptações, mas funcionou bem, nosso time é forte, não perde a motivação e sempre encontra uma maneira de superar os obstáculos.

Guia Para atender as farmácias foi necessário começar a utilizar recursos que não eram utilizados antes da pandemia? Como foi a aceitação por parte das farmácias? 

Lobo A fim de buscar por novas oportunidades e continuar garantindo o suprimento dos nossos produtos tão relevantes nesse momento de pandemia, tivemos que nos reinventar.

Aumentamos o contato via televendas, trabalhamos comunicações e vídeos simples para enviar por mensagem ou e-mail e nos aproximamos ainda mais dos parceiros digitais. A aceitação foi muito boa. Claro que tem um período de adaptação da farmácia também, mas buscamos vencer junto com nossos parceiros que entenderam os esforços e trabalharam conosco para fazer funcionar.

Guia Alguma dessas mudanças poderá ser permanente?

Lobo Quando tudo passar e for seguro para todos voltar ao normal, certamente voltaremos com atendimento presencial, que ainda é fundamental, mas com certeza usaremos o que aprendemos e continuaremos usando muitas das ferramentas para complementar o trabalho, já que aqui sempre batalhamos pela excelência e conseguimos entender que algumas mudanças foram positivas e trouxeram diversas facilidades para o dia a dia da equipe.

Guia Como foi a volta da equipe externa de vendas? Quais medidas foram tomadas para garantir a segurança de colaboradores e clientes? 

Lobo A volta foi feita de forma muito cuidadosa. Comprometidos em colocar nossas pessoas em primeiro lugar, nós mapeamos e monitoramos o aumento de casos de cada cidade e região visitada para garantir a segurança do time. A definição de quem retornava passava pelo nível de segurança de cada cidade e a liberação foi feita caso a caso. Quem retornou, foi amparado com a entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e tinha que seguir um protocolo de segurança, como não utilizar transporte público, nem usar carona, bem como não entrar em uma loja que tivesse mais que um número determinado de pessoas. Pessoas em grupo de risco ou que não se sentiam seguros por qualquer razão não voltaram. Ao ver o aumento da onda de contaminação, entendemos que o risco aumentou e novamente voltamos para o trabalho remoto.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: RB

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário