Reajuste anual no preço dos medicamentos 2020 está valendo

O reajuste já está valendo e o Guia Farma Digital, a lista de preços on-line do Guia da Farmácia está 100% atualizado

O reajuste de preços de medicamentos que acontece todos os anos já está valendo em todas as farmácias e drogarias do Brasil e afeta tanto as farmácias quanto os consumidores.

No Brasil, o preço dos medicamentos é regulado pelo governo. Estipula-se um valor máximo a ser cobrado (preço lista) sempre que uma nova terapia chega ao mercado.

O índice é definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) e vale a partir de abril. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o percentual não é um aumento automático nos preços, mas uma definição de teto permitido de reajuste, ou seja, cada empresa pode optar pela aplicação do índice total ou menor, a depender das estratégias comerciais.

Neste ano, o reajuste foi adiado devido a pandemia do novo coronavírus e causou muitas dúvidas e divergências de opinião.

Contudo, o reajuste já está valendo e o Guia Farma Digital, a lista de preços on-line do Guia da Farmácia está 100% atualizado. Garanta já o seu acesso e a sua versão física, para ficar à disposição do cliente no balcão.

Índices de Reajuste de Preços de Medicamentos – 2020

Pela resolução da CMED publicada no Diário Oficial, o reajuste máximo permitido para este ano será aplicado em três faixas, de 5,21%4,22% e 3,23%, a depender do tipo de medicamento.

O teto do aumento autorizado para 2020 é superior ao do ano passado, que foi de 4,33%. Também é superior ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 11 de março de 2020, que acumulou 4,01% no período entre março de 2019 e fevereiro de 2020. Veja aqui a íntegra da resolução da CMED.

 

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário