Rede Drogal lança oficialmente o Instituto José Cançado

Prioridade do Instituto José Cançado será o atendimento às instituições voltadas aos idosos, crianças e pessoas em situação de vulnerabilidade social

Em evento, a Rede Drogal lançou oficialmente este mês o Instituto José Cançado. Com caráter assistencial, o objetivo é dar continuidade ao trabalho social já realizado nas 70 cidades do interior de São Paulo nas quais existem unidades da rede (são mais de 160 filiais). Inicialmente a coordenação ficará centralizada em Piracicaba. A intenção é convidar parceiros que compartilham os mesmos valores e acreditam na proposta do instituto. José Agenor Lopes Cançado foi um dos cofundadores da rede de farmácias Drogal e faleceu em maio de 2019, aos 85 anos.

A cerimônia contou com a participação de autoridades, funcionários, familiares, convidados, imprensa e representantes de entidades assistenciais. O diretor administrativo da Rede Drogal, Marcelo Cançado, conduziu a apresentação, detalhando as propostas de atuação, bem como o modelo de gestão e como as entidades poderão ser beneficiadas. O diretor iniciou sua fala lembrando a forma de trabalho do pai. “Ele viveu e nos ensinou isso. O instituto que leva o seu nome dará continuidade ao seu legado, de forma organizada e praticamente personalizada. Estamos felizes e emocionados neste dia histórico para nossa família”.

O prefeito Barjas Negri parabenizou o trabalho realizado por José Cançado, como pessoa e como empresário. “É um grande ganho para a cidade de Piracicaba. O instituto materializa o trabalho do ‘Zé Cançado’, que conheci e pude acompanhar parte desta trajetória. Desse modo, representando uma grande conquista, com certeza”.

Além disso, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi), Luiz Carlos Furtuoso, prestou uma homenagem à esposa de José Cançado, dona Leda Cançado, em nome da diretoria da entidade.

Instituto José Cançado

O Instituto José Cançado é uma entidade sem fins lucrativos. Os recursos utilizados serão provenientes de ações de reciclagem de diversos materiais como papel, papelão e plástico, além de doação financeira direta da Rede Drogal.

A prioridade será o atendimento às instituições com ações voltadas aos idosos, crianças carentes e pessoas em situação de vulnerabilidade social. Outra linha de atuação tem foco no apoio ao colaborador da Drogal, por meio de programas de orientação médica, nutricional e odontológica, bem como encaminhamento psicológico (quando necessário).

O Instituto José Cançado terá como presidente honorária, Leda Delfini Lopes Cançado. A Diretoria Executiva é formada por Antonio Carlos de Camargo Caetano (diretor presidente), Geraldo Romanini (diretor vice-presidente), Flavia Cristina de Luca (diretora financeira), bem como de Edivaldo Santin (diretor administrativo). A administração estará sob a coordenação de Virginia Piedade Novembre, que possui experiência em projetos sociais, além de equipe de apoio, com a colaboração de diversos departamentos internos como Marketing, Centro de Distribuição e Recursos Humanos.

Foto e fonte: Instituto José Cançado

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário