Saem primeiros testes para a pílula anticoncepcional masculina

Estudos mostram que medicamento parece ser seguro e eficaz quando ingerido diariamente

Pesquisadores do Instituto de Pesquisas Biomédicas de Los Angeles (LA BioMed) e da Universidade de Washington anunciaram os resultados de um estudo, na reunião anual da Sociedade de Endocrinologia, mostrando que a pílula anticoncepcional masculina parece ser segura e eficaz quando tomada diariamente.

O estudo de um mês de duração em Los Angeles, liderado pela pesquisadora Dra. Christina Wang, da LA BioMed, foi realizado em 83 homens saudáveis, ​​entre 18 e 50 anos de idade, que ingeriram diariamente a pílula anticoncepcional masculina oral. “Fornecer aos homens uma opção contraceptiva prática e reversível está muito atrasada”, disse a Christina. “Sessenta anos depois que a pílula foi desenvolvida para mulheres, os homens agora terão opções – que não exigem cirurgias nem injeções de ação prolongada – para participar do planejamento familiar como parceiros iguais”.

Os resultados mostraram que o contraceptivo oral masculino experimental – chamado undecanoato de dimetandrolona (DMAU) – produziu respostas hormonais que são consistentes com a contracepção masculina eficaz observada em outros estudos de longo prazo. Na dose mais alta de DMAU testada, 400 mg, os sujeitos mostraram “acentuada supressão” dos níveis de testosterona e dois hormônios necessários para a produção de espermatozoides, sem mostrar alterações no humor ou na função sexual. Mais estudos estão em andamento.

Os resultados de pesquisas globais sugeriram que mais de 80% dos homens estariam interessados ​​em um contraceptivo masculino reversível, se disponível.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Pfizer anuncia anticoncepcional de autoaplicação trimestral no Brasil

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário