fbpx

Saem primeiros testes para a pílula anticoncepcional masculina

Estudos mostram que medicamento parece ser seguro e eficaz quando ingerido diariamente

Pesquisadores do Instituto de Pesquisas Biomédicas de Los Angeles (LA BioMed) e da Universidade de Washington anunciaram os resultados de um estudo, na reunião anual da Sociedade de Endocrinologia, mostrando que a pílula anticoncepcional masculina parece ser segura e eficaz quando tomada diariamente.

O estudo de um mês de duração em Los Angeles, liderado pela pesquisadora Dra. Christina Wang, da LA BioMed, foi realizado em 83 homens saudáveis, ​​entre 18 e 50 anos de idade, que ingeriram diariamente a pílula anticoncepcional masculina oral. “Fornecer aos homens uma opção contraceptiva prática e reversível está muito atrasada”, disse a Christina. “Sessenta anos depois que a pílula foi desenvolvida para mulheres, os homens agora terão opções – que não exigem cirurgias nem injeções de ação prolongada – para participar do planejamento familiar como parceiros iguais”.

Os resultados mostraram que o contraceptivo oral masculino experimental – chamado undecanoato de dimetandrolona (DMAU) – produziu respostas hormonais que são consistentes com a contracepção masculina eficaz observada em outros estudos de longo prazo. Na dose mais alta de DMAU testada, 400 mg, os sujeitos mostraram “acentuada supressão” dos níveis de testosterona e dois hormônios necessários para a produção de espermatozoides, sem mostrar alterações no humor ou na função sexual. Mais estudos estão em andamento.

Os resultados de pesquisas globais sugeriram que mais de 80% dos homens estariam interessados ​​em um contraceptivo masculino reversível, se disponível.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Pfizer anuncia anticoncepcional de autoaplicação trimestral no Brasil

Deixe um comentário