Sanofi comprará Kadmon por US $ 1,9 bilhão para obter medicamento para transplante

A compra irá marcar a terceira grande aquisição da Sanofi neste ano

A Sanofi concordou em comprar a biotecnológica norte-americana Kadmon Holdings Inc. por US $ 1,9 bilhão, ganhando um medicamento de sucesso potencial para expandir seu portfólio de medicamentos para transplantes.

Os investidores da Kadmon receberão US $ 9,50 por ação em dinheiro, o que é 79% a mais do que o preço de fechamento de terça-feira, disseram as empresas na última quarta-feira (8).

O conselho da biotecnologia com sede em Nova York aprovou o negócio, que marcaria a terceira grande aquisição da Sanofi neste ano.

Mais sobre o acorda da compra da Kadmon pela Sanofi

Sob o comando do CEO Paul Hudson, a Sanofi embarcou em uma onda de aquisições para rejuvenescer um pipeline que colocava a farmacêutica francesa atrás das rivais em termos de inovação e potencial de receita.

Contudo, o acordo vem em um momento em que os acordos de saúde estão esquentando.

Na semana passada, por exemplo, a empresa de private equity Advent International e também o fundo de riqueza de Cingapura GIC concordaram em comprar a farmacêutica Swedish Orphan Biovitrum AB por cerca de US $ 8 bilhões.

O único remédio de Kadmon no mercado, o Rezurock, pode atingir o pico de vendas de US $ 1 bilhão, de acordo com analistas da Jefferies.

Portanto, ela se junta à Timoglobulina da Sanofi e à Mozobil, criando sinergias no mercado de transplantes, escreveram eles em uma nota.

A “escala, experiência e relacionamentos da Sanofi em transplantes” podem impulsionar Rezurock, disse Olivier Charmeil, que chefia a divisão que integrará o medicamento.

A empresa também tem um tratamento imunoncológico nos primeiros testes clínicos – uma área em que a Sanofi está ansiosa para expandir.

As ações da Sanofi caíram 1% no início do pregão de Paris após o anúncio.

No mês passado, a farmacêutica francesa concordou em adquirir seu parceiro de desenvolvimento de RNA mensageiro Translate Bio Inc. por US $ 3,2 bilhões.

Expandindo, então, a tecnologia por trás de algumas das vacinas Covid-19 mais vendidas do mundo.

Mais aquisições

Já em abril, a Sanofi concluiu a compra da Kymab Ltd., fabricante de tratamentos com anticorpos, por US $ 1,1 bilhão adiantado.

O prêmio para Kadmon é “típico de negócios de biotecnologia”, de acordo com Jefferies.

A Sanofi espera concluir a compra no quarto trimestre com os recursos de caixa existentes.

E disse que a transação será “modestamente dilutiva” para o lucro por ação no próximo ano.

Fonte: Bloomberg

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário