São Paulo reduz intervalo entre doses da Pfizer para 21 dias

A mudança vai beneficiar cerca de 2 milhões de pessoas no estado

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta segunda-feira (18) que o estado vai reduzir o intervalo entre as duas doses da vacina da Pfizer contra Covid-19 para 21 dias a partir desta terça-feira (19).

Até hoje, a segunda dose estava sendo aplicada oito semanas após a primeira.

De acordo com Doria, a mudança é válida para a população adulta e vai beneficiar cerca de 2 milhões de pessoas no estado.

Que, dessa maneira, poderão completar o esquema vacinal mais rápido.

O estado realizou mutirão de vacinação no último sábado (16), já que mais de 4 milhões de pessoas estão com a segunda dose atrasada.

Metade destas tomaram a primeira dose da Pfizer.

Intervalo reduzido para a aplicação da vacina da Pfizer

Pelo menos 83% da população de São Paulo já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra Covid-19, de acordo com dados do governo estadual.

Mais de 68 milhões de doses já foram aplicadas em todo o estado.

No entanto, com o avanço da vacinação, algumas das medidas de combate à pandemia já foram flexibilizadas.

A partir desta segunda, as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do estado passaram, então, a ser obrigatórias, ainda com os protocolos sanitários de proteção em vigor.

Pfizer pedirá autorização nos EUA para vacinar menores de 12 anos 

Fonte: CNN Brasil

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário