Destaques & lançamentos

Saúde é o mais importante para os eleitores do Rio de Janeiro

Pergunta foi feita pelo Ibope sobre candidatos a governador

Do conjunto de eleitores do Estado do Rio de Janeiro, 44% consideram que os candidatos a governador devem priorizar a apresentação de propostas para a Saúde, de acordo com um estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). O setor, segundo esta parcela do eleitorado, é a mais relevante para a definição do voto.

Essa porcentagem representa mais do que o dobro da segunda área citada pelos eleitores, que foi a Educação, com 21%. Tem bastante explorado pelos candidatos, a Segurança Pública aparece em terceiro lugar, com 18%.

A pergunta feita pelo instituto foi: “Durante a corrida eleitoral, os candidatos apresentam propostas ligadas a diversas áreas. Qual destas áreas deve ser a prioridade nas propostas de campanha para a escolha do seu candidato ao governo do Rio de Janeiro?”.

Os recortes mostram que a Saúde é escolhida como prioridade mais por mulheres do que homens – 49% contra 38%. A citação ao tema também diminui conforme a escolaridade do eleitor aumenta: 53% entre os que cursaram no máximo até a 4ª série do ensino fundamental;

50% entre quem fez da 5ª a 8ª série do ensino fundamental; 46% para quem chegou ao ensino médio; 28% entre os eleitores com curso superior.

Além disso, quanto maior a renda mensal familiar, menos frequente é a citação à saúde: 54% na faixa até um salário mínimo; 47% no recorte entre um e dois salários; 41% entre os eleitores que recebem entre dois e cinco salários; e 31% no estrato que recebe mais de cinco salários mínimos.

Fonte: G1
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário