Segmento farmacêutico é o mais confiável para os brasileiros

Bula é o ponto mais citado no campo de Comunicação

A LLORENTE & CUENCA realizou o estudo “O novo consumidor latino-americano: uma questão de confiança” (clique aqui para baixar), onde alguns fatores determinaram a confiança dos consumidores em seis diferentes segmentos: Alimentos e Bebidas, Farmacêutico, Serviços Financeiros, Varejo, Telecomunicações e Automotivo.

Com base em uma análise regional da percepção de confiança, a pesquisa foi desenvolvida com uma base de quatro mil pesquisas em nove mercados: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru e República Dominicana.

“A confiança é o ativo mais delicado com o qual as empresas trabalham atualmente e, se o de seus consumidores estiver enfraquecido, todos os esforços devem ser destinados a reforçá-lo. As empresas que assumirem a liderança neste sentido, promovendo maiores projetos de desenvolvimento de confiança, não estarão apenas protegendo seu negócio de grandes riscos, como poderão liderar seus setores e alcançar resultados positivos, tanto na reputação quanto nos negócios da companhia”, afirma o líder global da área de Engajamento do Consumidor da LLORENTE & CUENCA, David González Natal.

Atrás somente o setor de Alimentos e Bebidas, o Farmacêutico é o segundo com melhor posicionamento. Sua confiança é impulsionada pela eficácia do produto, pelos controles aos quais está sujeito e seu impacto na saúde. Especialmente no mercado brasileiro, o segmento está em primeiro lugar, sendo que a confiança é alavancada fortemente pela credibilidade.

De acordo com o estudo, as informações detalhadas sobre o produto e os dados contidos nas bulas são particularmente importantes no campo da transparência. Esse é aspecto mais importante no campo da Comunicação em todos os países analisados.

Fonte: LLORENTE & CUENCA
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário