Sistemas de monitoramento otimizam gestão na indústria farmacêutica

Os sistemas de monitoramento são vistos como uma oportunidade de aprimoramento e ganho de competitividade

No setor farmacêutico, a implementação de sistemas de monitoramento associados à Inteligência Artificial prometem gerar impactos com gestão mais eficiente e responsável de recursos e maior segurança no processo de produção.

O processo produtivo da indústria farmacêutica exige controle e cuidados especiais. Perdas nesta área podem representar prejuízos imensuráveis. Por essa razão, a adoção de processos inteligentes é vista como uma oportunidade de aprimoramento e ganho de competitividade.

De acordo com o executivo da Alert System, empresa responsável pelo desenvolvimento de sistemas inteligentes de automação, Mauro Peres, a implementação de rastreadores e sistemas de monitoramento tem sido utilizado na prevenção de perdas e as aplicações são diversas com o intuito principalmente de fazer uma correta prevenção de perdas.

“Para o setor farmacêutico, esse tipo de processo é ainda mais crucial, pois permite uma gestão mais eficiente de recursos e medicamentos. Fazemos todo o acompanhamento e rastreio dos produtos dentro das empresas. Quando algum produto vai para descarte, por exemplo, Implementamos dispositivos para rastreio interno e externo, até a incineração dos produtos. Em hospitais e farmácias fazemos o controle de temperatura de medicamentos em câmaras frias, bem como o controle total de áreas segregadas onde é estocado medicamentos de alto valor. Através de controle de acesso com reconhecimento facial, câmeras com analíticos de contagem de pessoas e detecção de movimentos conseguimos também fazer um controle mais eficiente”, comenta o executivo.

Perdas na saúde: como sistemas de monitoramento atuam na prevenção?

É previsto que o mercado da Internet das Coisas (IoT) conecte mais de 50 bilhões de aparelhos até 2020. Já quando nos referimos ao poder aquisitivo e a movimentação da economia, é esperado que a Internet das Coisas movimente cerca de 19 trilhões de dólares, levando em consideração o mesmo ano.

Então, como a IoT pode atuar no mercado de prevenção de perdas na área da saúde? Acredita-se que esse sistema de monitoramento vá ampliar ainda mais o impacto nesse quesito, sendo direcionada para um tipo de segurança chamada Segurança Inteligente.

Abaixo, alguns dos dispositivos de segurança e sistemas de monitoramento que podem ajudar a eliminar as perdas na saúde:

1. Câmeras WDR e Lightfinder

A tecnologia presente nas câmeras Wide Dynamic Range (WDR) permite que laboratórios, clínicas e hospitais elevem a outro nível o seu sistema de monitoramento. Além disso, o grande diferencial desse sistema é a possibilidade de monitorar, em alta definição, locais com uma grande variação de luz. Dessa forma, as câmeras WDR e Lightfinder garantem a segurança e o controle de medicamentos e substâncias de alto custo, que precisam de iluminação e temperaturas controladas, seja dentro de hospitais ou laboratórios.

2. Vídeo Analytics

O Vídeo Analytics consegue fazer a leitura de padrões de movimentação de pessoas, veículos e objetos. Basta que as câmeras estejam conectadas ao software. A tecnologia consegue ainda fazer a contagem de pessoas num ambiente, como uma sala de emergência ou uma área de acesso restrito. Dessa forma, podendo auxiliar no controle de entrada e saída. Os dados coletados podem ser analisados com cuidado e, em qualquer eventualidade, sua equipe de segurança tática é acionada para realizar ocorrências que tenham saído do padrão.

3. Biometria

A biometria é uma das principais formas de controle de acesso. Segura e eficiente, ela é ideal para se colocada em hospitais, clínicas, consultórios ou laboratórios que tenham restrição de entrada ou saída. Além disso, o cadastro biométrico é feito no sistema. Em poucos segundos você cria um banco de dados das pessoas que circulam pelas dependências da clínica ou hospital, evitando qualquer tipo de invasão em áreas de acesso restrito.

Foto: Shutterstock
Fonte: Alert System

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário