Takeda: receita consolidada cresce 18,5% em 2018

Números refletem a inclusão dos resultados da Legacy Shire a partir de 8 de janeiro de 2019

A Takeda acaba de divulgar os resultados do ano fiscal de 2018 e publicar as orientação para o ano fiscal de 2019. O crescimento das receitas subjacentes da Legacy Takeda* manteve-se solidamente em +5,3%, graças às contribuições significativas dos principais produtos de crescimento, como ENTYVIO (+34,8%) e NINLARO (+36,1%). A receita consolidada registrada aumentou 18,5% de 2017 para 2018, alcançando 2.097,2 bilhões de ienes. Este resultado se deve, principalmente, à inclusão dos resultados da Legacy Shire a partir de 8 de janeiro de 2019, que foi compensada pelo impacto negativo único da aplicação das políticas de canal de distribuição da Takeda aos produtos Legacy Shire*.

O lucro operacional da Legacy Takeda cresceu +70,3%, impulsionado principalmente pelo dinamismo dos negócios. Grandes ganhos únicos no ano fiscal de 2017, com a alienação da Wako Pure Chemical e a transferência de produtos adicionais para a Teva JV, foram acompanhados por ganhos crescentes nas vendas de imóveis e alienações da Multilab e Techpool no ano fiscal de 2018.

“O ano fiscal de 2018 foi  importante na história da Takeda já que concluímos a aquisição da Shire para criar um líder biofarmacêutico mundial competitivo, baseado em valores e orientado por pesquisa e desenvolvimento. Tenho o prazer de dizer que ao longo do ano, embora tenhamos nos concentrado no planejamento e na execução da integração, também mantivemos um forte impulso empresarial, conforme demonstrado pelos nossos excelentes resultados financeiros. A integração da Shire está progredindo conforme planejado, alinhada com os valores e cultura da Takeda. Também identificamos oportunidades para obter maiores sinergias de custos e já fizemos progressos em nossa estratégia de alienação para ativos secundários”, comentou o presidente e diretor executivo da Takeda, Christophe Weber.

Segundo o executivo, em termos prospectivos, a empresa tem uma base forte e flexível para o crescimento futuro do negócio. “Estamos focados em nossas cinco principais áreas de negócios de Gastroenterologia (GI), Doenças Raras, Terapias Derivadas do Plasma, Oncologia e Neurociência, e nossa receita a médio prazo será impulsionada por um portfólio equilibrado, incluindo 14 marcas globais. Nossa inovadora linha de produtos também está se desenvolvendo, conforme mostrado pelos 15 estágios clínicos no último ano, e estamos comprometidos em executar nossas metas de expansão e desalavancagem de margem”, acrescentou.

* Referências a “Legacy Takeda” excluem as despesas financeiras da Legacy Shire (que foram consolidadas nos resultados da Takeda de 8 de janeiro de 2019 a 31 de março de 2019), os custos incorridos pela Legacy Takeda e pela Legacy Shire relacionados à aquisição e ao impacto financeiro da contabilidade de compras. Referências a “Legacy Shire” referem-se às empresas adquiridas na aquisição da Shire pela Takeda, concluída em 8 de janeiro de 2019, e aos resultados dessas empresas antes ou depois da conclusão da aquisição.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Lucro líquido da Blau Farmacêutica cresce 17,8% nos últimos 12 meses

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário