Testes da Covid-19 em farmácias voltam a registrar alta

Números estavam em queda nas seis semanas anteriores

As farmácias brasileiras voltaram a registrar alta na procura por testes rápidos da Covid-19 e no volume de casos positivos, após seis semanas consecutivas em queda.

Os dados correspondem ao período de 3 a 9 de maio.

De acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), foram registrados nessa semana 238.571 atendimentos.

Portanto, um índice 12% acima do intervalo de 26 de abril a 2 de maio.

Desse total, 55.507 pacientes (23%) tiveram o diagnóstico da doença confirmado, contra 51.332 do mesmo período anterior.

“Ainda é um número distante do pico de 91 mil casos na primeira quinzena de março, mas nos últimos dois meses o percentual de casos positivos vem oscilando de 23% a 25%, o que reacende o sinal de alerta para a resiliência do coronavírus”, avalia o CEO da Abrafarma, Sérgio Mena Barreto.

Onze estados tiveram,então, variação positiva de casos:

Acre, Amapá, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Tocantins. D

Desde a implementação do serviço, em 28 de abril de 2020, as farmácias já realizaram, então,  6.242.438 testagens, uma média de 16 mil atendimentos por dia.

Foram 1.309.078 resultados positivos (21%) e 4.933.360 negativos (79%).

Teste de Covid-19 nas farmácias: implantar ou não? 

Fonte: Abrafarma

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário