Teuto investe em vacinação gratuita para colaboradores contra a H1N1

Estudos demonstram que a vacina contra a H1N1 reduz o número de internação por pneumonia em torno de 40% e em até 75% a morte pela gripe

O laboratório Teuto Brasileiro dá continuidade, mais um ano, a vacinação contra o vírus da Influenza H1N1.

O vírus influenza costuma circular no Brasil com mais intensidade a partir do mês de março e pode ser um dos causadores da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

De acordo com dados do próprio Ministério da Saúde (MS), em 2020 foram notificadas mais de 160 mil hospitalizações por SRAG no Brasil.

Além disso, por conta da pandemia do novo Coronavírus isso se torna ainda mais importante.

Diante deste cenário, o Laboratório Teuto Brasileiro dá continuidade, mais um ano, a vacinação contra o vírus da Influenza H1N1.

De acordo com o  médico responsável da companhia, Nirley Moreira, é importante que as empresas se conscientizem para vacinar os seus colaboradores.

“A gripe atinge pessoas de qualquer idade e já é considerada um dos problemas mais graves de saúde pública, de acordo com a OMS. Apesar de parecer um assunto sem muita importância, traz um impacto bastante significativo no ambiente de trabalho”, informa.

Nirley esclarece sobre os riscos de não se vacinar, principalmente neste período de pandemia.

“Os sintomas da gripe (H1N1) e da Covid-19 são bem parecidos, ambos são bem prejudiciais para o sistema respiratório e precisam ser acompanhados por um médico”, finaliza.

O especialista ressalta ainda que estudos demonstram que a vacina contra a H1N1 reduz o número de internação por pneumonia em torno de 40% e em até 75% a morte pela gripe.

Vacina da gripe é associada a redução de 24% no risco de Covid-19 

Fonte e foto: Laboratório Teuto

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário