HPC

TheraSkin expande linha Amilia com loção prebiótica reparadora

A novidade Amilia Repair restaura a barreira cutânea hidratando profundamente, amenizando os sinais de vermelhidão, coceira e sensação de calor, além de melhorar a aparência da pele

A farmacêutica brasileira TheraSkin anuncia o lançamento da loção reparadora prebiótica, Amilia Repair, extensão da linha Amilia, que já conta com o talco líquido, referência no mercado dermatológico para o alívio da pele.

Com uma fórmula exclusiva patenteada, o novo produto possui ingredientes ativos com ação cicatrizante e anti-inflamatória e promove uma reparação dos sintomas da pele sensível, irritada e sensibilizada.

O Amilia Repair possui a tecnologia BioCalm, que reúne uma combinação de 6 ingredientes ativos para equilibrar a microbiota – as bactérias boas da pele, melhorando as barreiras naturais da epiderme.

E que além de hidratar, tem ação sinérgica em todas as etapas do processo de cicatrização. A composição possui o prebiótico Alfa glucan, Pantenol, Niacinamida, Vitamina E, Duplo Ácido Hialurônico e Bisabolol.

“As loções prebióticas são uma tendência forte e crescente da indústria de beleza, pois representam cuidados importantes para a pele sensível, já que promovem um reforço na imunidade cutânea”, destaca Alexandre Narumia, Gerente de Novos Produtos. A loção multirreparadora ameniza os sinais de vermelhidão, coceira e sensação de calor, além de melhorar a aparência geral da pele, proporcionar mais viço e maciez e equilibrar o pH fisiológico da pele, sendo indicado para várias situações diferentes, como:

  • Pós-procedimentos dermatológicos.
  • Alívio dos sintomas de queimaduras leves.
  • Escoriações leves.
  • Áreas ressecadas como joelho, cotovelo e calcanhar,
  • Acalma, hidrata e auxilia na cicatrização de peles tatuadas.
  • E auxilia em outros processos inflamatórios da pele.

Seguindo a tendência de utilizar a tecnologia com suporte no desenvolvimento de dermocosméticos, o Amilia Repair também tem contribuição da inteligência artificial.

“Desta vez, a tecnologia foi responsável por nos auxiliar na forma como o nosso produto atua no processo de cicatrização. De maneira geral, acreditava-se que o processo de cicatrização ocorria em 3 etapas sequenciais: inflamação, reparação e por último o remodelamento, mas estudos recentes mostram que essas etapas se sobrepõem. Com o uso da Inteligência Artificial o time da Theraskin observou que a modulação de diferentes processos biológicos simultaneamente é a chave para atingir resultados significativos, e foi isso que motivou o desenvolvimento de Amilia Repair” , explica Alexandre.

Além disso, o produto, desenvolvido para peles brasileiras, tem textura leve e rápida absorção.

É não acnegênico, sem fragrância, hipoalergênico e também é livre de corantes, conservantes e parabenos.

Fonte e foto: TheraSkin

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário