Universidade Natulab amplia sua linha de cursos à distância

A novidade da Universidade Natulab é a inclusão do módulo de Fisiologia Intestinal, na linha de cursos à distância

A especialista em produção e venda de medicamentos fitoterápicos Natulab, 5ª colocada na categoria dos Medicamentos Isentos de Prescrição (MIP) e 10ª maior companhia do setor farmacêutico, amplia sua gama de cursos na Universidade Natulab. Agora, a companhia oferece anatomia, fisiologia e histologia do trato digestivo. O módulo tem duração de sete meses. Além disso, o módulo faz parte da ampliação da programação do curso de extensão com foco em fitoterapia.

Neste novo módulo, são estudados assuntos como anatomia, fisiologia e histologia do trato digestivo, particularmente no que se refere ao intestino. Dessa forma, os alunos terão acesso ao estudo da estrutura de todo o trato digestivo e serão apresentados às novidades que impactam no entendimento da fisiologia intestinal.

Desenvolvido em parceria com o Instituto de Desenvolvimento do Varejo Farmacêutico (IDVF), o curso leva atualização e capacitação gratuita a profissionais de saúde. Podem se inscrever nutricionistas com o registro no Conselho Regional de Nutricionistas (CRN) ativo e profissionais do varejo farmacêutico com registro no Conselho Regional de Farmácia (CRF) ativo. Assim, nos cursos, estudam-se os aspectos legais da prescrição para farmacêuticos e nutricionistas. Os cursos também exemplificam quais as regulamentações que tratam da atuação de fitoterápicos no Brasil.

“Nosso objetivo é contribuir ativamente com a formação e capacitação contínua destes profissionais da saúde. Dessa forma, queremos promover experiências de formação que estejam diretamente relacionadas à atuação profissional dos participantes.”, afirma o diretor de Marketing da Natulab, José Carlos de Lucca.

Os interessados em participar podem realizar sua inscrição na Universidade Natulab, acessando o link http://universidadeNatulab.com.br/.

Leia também: Natulab chega ao top 10 no ranking do mercado farmacêutico brasileiro

Foto: Natulab
Fonte: Natulab

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário