Vacina da Pfizer tem eficácia de 97% contra casos sintomáticos da Covid-19, mostra estudo feito em Israel

Pesquisa também demonstrou a eficácia da vacina da Pfizer em 94% contra casos assintomáticos da Covid-19

Um estudo desenvolvido em Israel e publicado na última quinta-feira (11) afirma que a vacina da Pfizer/BioNTech tem eficácia de 97% contra casos sintomáticos e formas graves da Covid-19.

Em relação aos casos assintomáticas do vírus, o imunizante teve eficácia de 94%.

“Os resultados representam as provas concretas mais completas até o momento que demonstram a eficácia de uma vacina contra a Covid-19”, diz um comunicado dos laboratórios Pfizer e BioNTech e do ministério israelense da Saúde.

Dessa maneira, os resultados desta quinta melhoram os publicados em fevereiro, em um estudo anterior também desenvolvido com pessoas vacinadas em Israel.

Em estudo, vacina da Pfizer se mostrou eficaz em casos sintomáticos da Covid-19

Na ocasião, foi demonstrada uma eficácia de 94% da vacina contra os casos sintomáticos da Covid-19.

Assim, Israel lidera o ranking mundial de vacinas aplicadas em relação ao número de habitantes.

E, portanto, já garantiu doses suficientes para imunizar todos os seus habitantes.

A saber, o país já vacinou mais da metade da população, incluindo jovens.

Eficácia após primeira dose

Um estudo publicado na revista The Lancet em fevereiro mostrou que o imunizante da Pfizer/BioNTech reduziu em 75% a transmissão do coronavírus menos de um mês após a aplicação da primeira dose.

A pesquisa, que foi feita com 9.109 profissionais de saúde no maior hospital de Israel, afirmou que a vacina também reduziu em 85% os casos sintomáticos da Covid-19.

Os pesquisadores destacam também que os resultados dão suporte à possibilidade de adiar a segunda dose.

Em cenário de escassez de vacinas, já que a primeira dose apontou a redução na transmissão do vírus e nos casos de Covid sintomática.

Vacina da Pfizer é 93% eficaz após duas semanas com apenas uma dose 

Fonte: G1

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário