Vacina Russa Sputnik V tem eficácia de 95% contra Covid-19, diz fabricante

Instituto Gamaleya, diz que a vacina russa Sputnik V, para manter sua eficácia, será aplicada em duas doses, com intervalo de 21 dias

A vacina russa Sputnik V apresentou eficácia acima de 95% após a segunda dose, segundo anúncio feito por representantes do governo russo e do Instituto Gamaleya, fabricante do imunizante, na manhã desta terça-feira, 24.

Com apenas uma dose, a eficiência é de 91,4%. A vacina é, portanto, aplicada em duas doses, com intervalo de 21 dias.

Os resultados da vacina russa que comprovaram sua eficácia foram, então, obtidos com base na análise de dados de 18.794 voluntários,.

Esse voluntários receberam as duas doses da vacina (ou do placebo).

Ao todo, 40 mil voluntários participam da análise de fase três.

Os dados, contudo, ainda não foram publicados em revista revisada por pares.

Valor da vacina 

A Rússia deve, então, cobrar menos por sua vacina do que seus concorrentes, US$ 10 dólares por dose.

Moscou pretende produzir mais de 1 bilhão de doses dentro e fora do país no ano que vem.

Moscou tem sido criticada por cientistas ocidentais que acusam a Rússia de buscar atalhos em um esforço para acelerar a vacina Sputnik V, o que a Rússia nega.

Portanto, estabelecer um preço menor do que o de rivais pode ajudar a Rússia a obter uma parcela do mercado.

Os estudos clínicos tiveram, dessa maneira, base em 39 casos confirmados entre os 18.794 pacientes, que mostraram que ela é 91,4% eficaz no 28º dia e 95% eficaz no 42º dia.

Perguntas e respostas sobre a vacina russa para a Covid-19 

 

Fonte: Estadão

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário