Varejo farmacêutico projeta avanço para os próximos meses

Estudo do Ibevar indica que artigos farmacêuticos podem ter um crescimento contínuo nos meses março e maio com índices de 9,98%, 31,25% e 19,79%

O varejo deve sinalizar um avanço e melhora nos próximos meses, após período de queda devido a pandemia.

Dados da Projeção de Vendas, do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), revelam avanço de 14,51% para março, 37,24% para abril e 19,16% para maio, quando comparados, então, ao mesmo período do ano anterior.

Dessa maneira, o professor e diretor de pesquisas do Ibevar, Nuno Fouto, explica que 2020 foi um ano difícil para o varejo.

“O ano anterior foi marcado pelo início da pandemia, um cenário completamente atípico, em que houve o fechamento do comércio. Portanto, a projeção para este ano, quando comparado com o ano anterior, é de que haja um aumento, mediante a recuperação nos últimos meses”.

Alguns segmentos do varejo indicam um avanço contínuo crescimento entre março e maio, respectivamente, sendo eles:

Artigos farmacêuticos, com índices de 9,98%, 31,25% e 19,79%; tecidos, vestuário e calçados, com 58,08%, 422,88% e 163,72%; e outros artigos de uso pessoal e doméstico: março, 31,82%, 81,86% e 28,03%.

Ranking Top 10 medicamentos isentos de prescrição

Fonte: Ibevar

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário