Destaques & lançamentos

Vendas da Farmax devem crescer acima de 30% no inverno deste ano

Empresa aposta em inovação para alavancar os negócios, sobretudo nas linhas Hidraderm e de óleos corporais

O Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão.

O ranking está em um levantamento realizado pelo provedor de pesquisa de mercado Euromonitor International, por meio de uma análise que considera desde o consumo de cosméticos para cabelo e pele a perfumes e produtos para higiene bucal.

O segmento, que já se mantém aquecido, tem expectativas ainda melhores para o inverno 2022, quando a demanda dos consumidores deve aumentar ainda mais. Uma tendência com impacto direto nos negócios da Farmax, fabricante de produtos cosméticos, farmacêuticos, hospitalares e suplementos alimentares, com fábrica em Divinópolis, Minas Gerais.

A CMO da empresa, Bianca Pi, explica que tanto a temporada de inverno quanto a de verão registram incremento na rotina de compra das famílias brasileiras, mas de maneiras diferentes. “São períodos que, naturalmente, as pessoas sentem as mudanças climáticas de forma mais intensa, seja na pele ou no funcionamento do organismo. Por isso a busca por produtos que ajudam a manter uma rotina mais equilibrada e confortável aumenta, observando as características de cada período”, diz. 

De acordo com Bianca, as principais apostas da Farmax para a próxima temporada são os produtos voltados para a hidratação da pele, como a linha de óleos corporais e a Hidraderm, além dos protetores solares de uso facial e soro fisiológico. 

Inovar

De acordo com a CMO, a expectativa é de crescimento superior a 30% nas vendas para o inverno deste ano na comparação com o mesmo período de 2021.

“Inovação é a palavra chave que nos levará a esse e outros resultados positivos. Estamos justamente implementando uma expansão da nossa linha Hidraderm e de novos óleos corporais. Isso permitirá atender não apenas a crescente demanda para este inverno, mas pensando também a médio e longo prazos”, garante.

Para alcançar esse e outros objetivos a estratégia já está desenhada.

A saber, desde que foi adquirida pelo fundo Vinci Partners, em outubro de 2021, até o ano de 2026, terão sido investidos R$ 100 milhões, grande parte em tecnologia para ampliar a produção.

A Farmax coloca no mercado mais de 450 itens. Somente neste ano já foram lançados 26 produtos, até o mês de maio. Os principais destaques neste período foram as marcas Hidraderm e Hidraderm Ciclos, que, juntas, representam 32% do faturamento de inovação. Somente essas linhas contam com nove produtos lançados em 2022.

Dicas da Farmax para o inverno

O aumento no consumo de produtos durante a estação mais fria do ano tem respaldo na fala dos especialistas. De acordo com a gerente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Farmax, Ana Gonçalves, hábitos da estação que passam despercebidos podem ser prejudiciais ao corpo e devem ser observados, como a menor ingestão de líquidos, o que interfere no funcionamento de todo o corpo.

Além disso, de acordo com ela, a hidratação da pele deve ser diária e a temperatura da água no banho não pode estar excessivamente quente, para evitar que a epiderme resseque.

“A pele possui uma camada protetora, um manto hidrolipídico, constituído por gordura e aminoácidos, que nos protege das agressões externas. Ventos gelados, a baixa umidade do ar no inverno e alguns hábitos, como banhos quentes e demorados, contribuem para a remoção da oleosidade natural diminuindo o manto lipídico e provocando o ressecamento e descamação da pele”, explica.

De acordo com Ana, evitar este tipo de hábito e fazer uso de hidratantes contribui para que a pele mantenha suas propriedades equilibradas, evitando, dessa maneira, dermatites e alergias.

Abusar do uso dos óleos corporais também é uma boa alternativa, pois estes produtos possuem ação umectante, formam filme sobre a pele e são capazes de manter a umidade natural”, sugere. 

Fonte: Farmax

Foto: Mateus Dias

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário