Walmart rompe com CVS após batalha sobre custos de prescrição

Fim da parceria faz com que farmácias do Walmart não façam mais parte das redes

A CVS Health (NYSE: CVS) anunciou ontem (15) que o Walmart optou por deixar as redes comerciais de gerenciamento de benefícios de farmácia (PBM) e de farmácias gerenciadas do Medicaid. Essa transição deve priorizar o atendimento ao paciente e, como tal, a CVS Caremark solicitou que o Walmart continuasse a preencher prescrições como uma farmácia participante da rede até 30 de abril de 2019. Essa transição não afeta a participação do Walmart no CVS Caremark Medicare. Além disso, a divisão Sam’s Club do Walmart permanece nas redes de farmácias da CVS Caremark. A rescisão do Walmart das redes comerciais de varejo da CVS Caremark e Managed Medicaid não deve ter um impacto material nos resultados financeiros da empresa em 2019.

“No momento em que todos estão trabalhando duro para encontrar maneiras de reduzir os custos de saúde, as taxas solicitadas pelo Walmart acabariam resultando em custos mais altos para nossos clientes e consumidores”, disse presidente da CVS Caremark, Derica Rice. “Embora tenhamos desfrutado de um longo relacionamento com o Walmart como um provedor de baixo custo em nossas amplas redes nacionais, com base em nosso compromisso de ajudar nossos clientes e consumidores a administrar custos crescentes de farmácia, simplesmente não poderíamos concordar com suas demandas recentes por um aumento de reembolso”.

Como será a transição?

De acordo com a CVS, agora, a empresa atua para uma transição ordenada para qualquer membro do plano afetado e para garantir que o atendimento ao paciente seja a maior prioridade. Com a continuidade do cuidado em mente, solicitou que o Walmart continue a preencher prescrições como uma farmácia participante da rede até 30 de abril de 2019. Os membros afetados por essa mudança de rede serão notificados e terão acesso a informações para ajudá-los a identificar farmácias nas proximidades da rede onde possam preencher suas prescrições, incluindo farmácias de propriedade própria, baseadas na comunidade, outras farmácias locais em mercearias e comerciantes de massa, bem como cadeias regionais e nacionais.

“Como a CVS Caremark começa a preparar clientes e membros para uma transição, esperamos que o Walmart concorde em trabalhar amigavelmente conosco no melhor interesse dos pacientes. A prioridade da CVS Caremark é garantir que os pacientes continuem tendo acesso. Além disso, continuamos abertos a continuar negociações oportunas de boa fé com o Walmart, na esperança de chegar a um acordo para fornecer assistência farmacêutica de qualidade a um custo razoável”, comentou Derica.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: divulgação CVS

Walgreens e Microsoft firmam parceria para tratamentos de saúde

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário